Cirurgião-dentista do serviço público na formação de acadêmicos: importância do estágio em serviço

Russiane Stefani de Mattos Rezende, Arlete Maria Gomes Oliveira, Luciane Zanin, Flavia Martão Flório

Resumo

Estudo observacional transversal para avaliar a percepção do cirurgião-dentista do serviço público sobre a importância do estágio em serviço na formação de acadêmicos de odontologia. Aplicou-se questionário estruturado, autoadministrado e validado a todos os 38 cirurgiões-dentistas que atuavam nas Unidades Básicas de Saúde de Umuarama (Paraná) no ano de 2016. A taxa de resposta foi de 86,8% (33). Todos relataram que o estágio agrega conhecimentos e benefícios aos alunos. Verificou-se que 66,6% (22) dos profissionais não conheciam o significado da preceptoria na Odontologia, em contraponto 69,7% (23) referiram que o preceptor colabora na formação do aluno, contribuindo com a troca de conhecimentos e experiências clínicas. Apenas 3,0% (1) atua como preceptor, 33,3% (11) aceitariam a função e 45,5% (15) não aceitariam devido ao aumento de trabalho e inexistência de incentivo financeiro. Já exerceram a função 27,3% (9), porém se afastaram por falta de comprometimento do aluno, inadequação das UBS, aumento na função de trabalho e falta de incentivo financeiro. Embora reconheçam a importância do estágio, a maioria dos dentistas conhece parcialmente o conceito e responsabilidades da preceptoria e não se sentem incentivados para exercer tal função.

Palavras-chave

Odontologia; Atenção primária à saúde; Serviços de saúde; Preceptoria

Texto completo:

PDF

Referências

Souza AL, Carcereri DL. Estudo qualitativo da integração ensino-serviço em um curso de graduação em Odontologia. Interface comun saúde educ. 2011;15(39):1071-84. 2. Luz GW, Toassi RFC. Percepções sobre o preceptor cirurgião-dentista da atenção primária à saúde no ensino da odontologia. Rev Abeno. 2016;16(1):2-12. 3. Finkler M, Caetano JC, Ramos FRS. Teaching-service integration in the change process in dentistry training. Interface comun saúde educ. 2011;15(39):1053-70. 4. Guimarães FAF, Mello ALSF, Pires ROM. Formação profissional em odontologia: revisão de literatura. Rev Saúde Públ Santa Cat. 2014;7(3):75-87. 5. Brasil Ministério Educação. Cultura Conselho Nacional Educação. Resolução CNE/CES 3/2002, Institui diretrizes curriculares nacionais do curso de graduação em odontologia. Brasília: Diário Oficial; 2002. 6. Souza MIC, Maia KD, Jorge RR, Berlink T, Ramos MEB. Análise discente da contribuição do preceptor e do estágio na formação do aluno de graduação da FO UERJ. Rev Abeno. 2011;11(2):57-62. 7. Warmling CM, Rossoni E, Hugo FN, Toassi RFC, Lemos VA, Slavutzki SMB, et al. Estágios curriculares no SUS: experiências da Faculdade de Odontologia da UFRGS. Rev Abeno. 2011;11(2):63-70. 8. Terada RSS, Nakama L. A implantação das diretrizes curriculares nacionais de odontologia: a experiência de Maringá. São Paulo: Hucitec; 2004. 9. Morita MC, Kriger L. Mudanças nos cursos de odontologia e a interação com o SUS. Rev Abeno. 2004;4(1):17-21. 10. Carvalho ESS, Fagundes NCF. A inserção da preceptoria no curso de graduação em enfermagem. Rev Rene Fortaleza. 2008;9(2):98-105. 11. Werner CWA. O estágio curricular supervisionado no processo de ensino-aprendizagem. In: Carvalho, P, Kriger, L, editors. Educação odontológica. São Paulo: Artes Médicas; 2006. p. 161-5. 12. Cavalcanti YW, Lucena EHG, Wanzeler MC, Padilha WWN. Qualificando uma estratégia formadora: a proposta dos estágios da graduação em Odontologia da UFPB. Rev ICO. 2008;6(2). 13. Leme PAT, Mialhe FL, Meneghim MC, Pereira AC. Perspectivas de graduandos em odontologia acerca das experiências na atenção básica para sua formação em saúde. Ciênc saúde coletiva. 2015;20(4):1255-65. 14. Werneck MAF, Senna MIB, Drumond MM, Lucas SD. Nem tudo é estágio: contribuições para o debate. Ciênc saúde coletiva. 2010;15(1):221-31. 15. Rocha PF. O preceptor cirurgião-dentista da atenção primária à saúde na formação em odontologia: compreensão do papel e análise das características para a preceptoria [Mestrado]. Rio Grande do Sul: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; 2014. 16. Rodrigues CDS. Competências para a preceptoria: construção no programa de educação pelo trabalho para a saúde [Dissertação]. Rio Grande do Sul: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; 2012. 17. Toassi RFC, Davoglio RS, Lemos VMA. Integração ensino-serviço-comunidade: o estágio na atenção básica da graduação em Odontologia. Educ rev. 2012;28(4):223-42. 18. Abrahão AL, Merhy EE. Formação em saúde e micropolítica: sobre conceitos-ferramentas na prática de ensinar. Interface comun saúde educ. 2014;18(49):313-24. 19. Albuquerque VS, Gomes AP, Rezende CHA, Sampaio MX, Dias OV, Lugarinho RM. A integração ensino-serviço no contexto dos processos de mudança na formação superior dos profissionais da saúde. Rev bras educ med. 2008;32(3):356-62. 20. Hood JG. Service-learning in dental education: meeting needs and challenges. J Dent Educ. 2009;73(4):454-63. 21. Davidson PL, Nakazono TT, Carreon DC, Gutierrez JJ, Shahedi S, Andersen RM. Reforming dental workforce education and practice in the USA. Eur J Dent Educ. 2011;15(2):73-9. 22. Botti SHO, Rego S. Preceptor, supervisor, tutor e mentor: quais são seus papéis? Rev bras educ med. 2008;32(3):363-73. 23. Moyses S, Watt R. Promoção de saúde bucal : definições. In: Buischi, Y, editor. Promoção de saúde bucal na clínica odontológica. São Paulo: Artes Médicas; 2000. 24. Medeiros CCBM, Reis MKS, Santos CI. As implicações das práticas pedagógicas no desenvolvimento das competências. Rev Ciênc Plur. 2015;1(1):30-9. 25. Carvalho RB, Costa TBC, Gomes MJ, Santos KT, Guerra SMG. Formação docente em odontologia no Brasil: sugestões de mudanças após as diretrizes curriculares nacionais. Rev Bras Pesq Saúde. 2010;12(4):39-44. 26. Toassi RFC, Baumgarten A, Warmling CM, Rossoni E, Rosa AR, Slavutzky SMB. Teaching at primary healthcare services within the Brazilian national health system (SUS) in Brazilian healthcare professionals’ training. Interface comun saúde educ. 2013;17(45):385-92. 27. Barreto VHL, Monteiro ROS, Magalhães GSG, Almeida RCC, Souza LN. Papel do preceptor da atenção primária em saúde na formação da graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Pernambuco: um termo de referência. Rev bras educ med. 2011;35(4):578-83. 28. Bulgarelli AF, Souza KR, Baumgarten A, Souza JMd, Rosing CK, Toassi RFC. Formação em saúde com vivência no Sistema Único de Saúde (SUS): percepções de estudantes do curso de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Brasil. Interface comun saúde educ. 2014;18(49):351-62. 29. Barbosa KGN, Dias JN, Cavalcante GMS, Noberega LM, Granville-Garcia AF, D’ávila S. Formação e perspectiva do mercado de trabalho sob o olhar de alunos de odontologia. Pesq Bras Odontoped Clin Integr. 2013;13(1):89-94.


Visualizações do PDF:

172 views


Visualizações do Resumo:

400 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
-->
Tema: Mpg. Customizado por: Articloud