Homeopatia no controle do medo e ansiedade ao tratamento odontológico infantil: revisão

Adriana Silveira de Lima Eleutério, Daniela Silva Barroso de Oliveira, Edmêr Silvestre Pereira Júnior

Resumo

A procura pela homeopatia no Brasil tem crescido a cada ano. O dentista homeopata realiza todos os procedimentos clínicos como o dentista não homeopata. A diferença desses profissionais é o entendimento que o homeopata tem em relação à visão do processo saúde-doença, e como isto se processa em cada indivíduo. Ao analisar a boca como parte do todo, e quando estão vinculados os planos emocionais e psicológicos, como o medo e a ansiedade da criança, o profissional busca uma maior integração profissional/paciente com uma visão mais holística da criança perante o tratamento odontológico infantil.

Palavras-chave

Homeopatia;Odontologia;Medo;Ansiedade;Criança.

Texto completo:

PDF

Referências

Eisenberg DM, Kessler RC, Foster C, Norlock FE, Calkins DR, Delbanco TL. Unconventional medicine in the United States. Prevalence, costs, and patterns of use. N Engl J Med 1993 Jan 28;328(4):246-52.

Teixeira MZ, Lin CA, Martins MA. O ensino de práticas não-convencionais em Saú- de nas Faculdades de Medicina: panorama mundial e perpspectivas brasileiras Rev bras educ méd 2004 jan.-abr.;28(1):51-60.

Witt CM, Ludtke R, Mengler N, Willich SN. How healthy are chronically ill patients after eight years of homeopathic treatment?--Results from a long term observational study. BMC Public Health 2008 8(413.

Shaw A, Thompson EA, Sharp D. Complementary therapy use by patients and parents of children with asthma and the implications for NHS care: a qualitative study. BMC Health Serv Res 2006 6(76.

Ratcliffe J, Van Haselen R, Buxton M, Hardy K, Colehan J, Partridge M. Assessing patients’ preferences for characteristics associated with homeopathic and conventional treatment of asthma: a conjoint analysis study. Thorax 2002 Jun;57(6):503-8

Bonecker MJS. Uma nova visao da odontopediatria. 2006. Disponível em: http:// www.portalopen.com.br/portal/revista/revista.asp?secao=5&view=artigos&id=72.

.Corrêa A, Siqueira-Batista R, Quintas L. Similia Similibus Curentur: notação histórica da medicina homeopática. Rev Assoc Med Bras 1997 Oct./Dec.;43(4):347-51.

Fontes O. Farmácia homeopática: teoria e prática. São Paulo: Monole; 2001.

Brunini C, Giorgi M. Guia de atendimento homeopático. São Paulo: Áurea 2004.

Rosenblatt A, Colares V. As emoções da criança pré-escolar no consultório odontológico – uma abordagem psicossomática. JBP rev Ibero-am odontopediatr odontol bebê 2004 7(36):198-203.

Feighelstein GA. Novos horizontes... surge a homeopatia na odontologia Rev bras odontol 2001 jul.-ago.;58(4):222-3.

Ferreira A. Novo dicionário da língua portuguesa. 4.ed. ed. Rio de Janeiro: Fronteira; 2009.

Milgrom P, Weinstein P. Dental fears in general practice: new guidelines for assessment and treatment. Int Dent J 1993 Jun;43(3 Suppl 1):288-93.

Vianna L. Psicologia infantil e psicossomática em odontologia pediátrica. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais; 1989.

Berge M, Veerkamp J. Chilhood dental fear: age and gender differences. Pediatr Dent 1999 9(1):

Klingberg G, Berggren U, Carlsson SG, Noren JG. Child dental fear: cause-related factors and clinical effects. Eur J Oral Sci 1995 Dec;103(6):405-12.

Klatchoian D. Psicologia odontopediátrica. 2.ed. ed. São Paulo: Santos; 2002.

Arnrup K, Broberg AG, Berggren U, Bodin L. Lack of cooperation in pediatric dentistry--the role of child personality characteristics. Pediatr Dent 2002 Mar-Apr;24(2):119-28.

Peixoto LFS, Frauches MB, Costa AFM. Estudo sobre as variáveis que podem influenciar o comportamento da criança na primeira consulta de um tratamento odontoló- gico J Bras Odontopediatr Odontol Bebe 2001 mar-abr.;4(18):137-41.

Colares V, Pinkham J. “Domínio lingüístico”: uma nova perspectiva na abordagem do paciente infantil J Bras Odontopediatr Odontol Bebe 2002 jan.;4(22):497-500.

Guedes-Pinto A, Miranda I. Princípios da psicologia e sua relação com a odontopediatria. In: Guedes-Pinto A, editor. Odontopediatria. São Paulo: São Paulo; 2003.

Corrêa M, Guedes-Pinto A. Inflências familiares e conselhos aos pais. In: Guedes-Pinto A, editor. Odontopediatria. São Paulo: Santos; 2003. p. 165-79.

Asbahr F, Ito L. Transtornos ansiosos na infância e na adolescência. In: Ito L, editor. Terapia cognitivo-comportamental para transtornos psiquiátricos. Porto Alegre: Artes Médicas; 1998.

Giorgi MS, Giorgi JSJ, Dulcetti Junior O, Peres AC, Peres RL, Luppino F. Terapêuticas: alternativas para a profissão. Rev ABO Nac 1994 ago.-set.;2(4):234-6, 39-41.

Lee AC, Kemper KJ. Homeopathy and naturopathy: practice characteristics and pediatric care. Arch Pediatr Adolesc Med 2000 Jan;154(1):75-80.

Paris A, Gonnet N, Chaussard C, Belon P, Rocourt F, Saragaglia D, et al. Effect of homeopathy on analgesic intake following knee ligament reconstruction: a phase III monocentre randomized placebo controlled study. Br J Clin Pharmacol 2008 Feb;65(2):180-7.

Stofella T. Samuel Hahnemann e a homeopatia. 2006. Disponível em: http://www. odontologia.com.br/artigos.asp?id=179.

.Josgrilberg ÉB, Cordeiro RdCL. Aspectos psicológicos do paciente infantil no atendimento de urgência. Odontol clín-cient 2005 jan.-abr.;4(1):13-7.

Carvalho S. A homeopatia na odontologia. 2006. Disponível em: http://www.universia.com.br/html/materia/materia_eggh.html.

Giorgi J. Homeopatia : o que é preciso saber. 2010. Disponível em: http://solucoesemodontologia.com.br/homeopatia-o-que-e-preciso-saber.

Marwick C. Complementary medicine must prove its worth. BMJ 2005 Jan 22;330(7484):166. 32.Ernst E. Medicines guilty until proven innocent Pharmaceutical Journal 2005 274(7352):679.


Visualizações do PDF:

775 views


Visualizações do Resumo:

1984 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
-->
Tema: Mpg. Customizado por: Articloud