Conhecimento de graduandos em odontologia sobre o processo de esterilização e o monitoramento biológico

Reinaldo de Oliveira Chaves, Carlus Alberto Oliveira dos Santos, Mariana Cavalcanti Lacerda, Isabella Lima Arrais Ribeiro

Resumo

Introdução: O acadêmico de Odontologia, assim como o cirurgião-dentista, têm a obrigação moral, ética e legal com o atendimento aos pacientes, respeitando todos os princípios de forma a evitar infecções cruzadas. Objetivo: Analisar o conhecimento de acadêmicos de odontologia sobre o processo de esterilização e monitoramento biológico. Material e método: Trata-se de um estudo quantitativo, exploratório e descritivo por documentação direta realizado com alunos matriculados no quarto período do curso de Odontologia do Centro Universitário de João Pessoa. Os dados foram coletados mediante aplicação de questionários, tabulados em uma plataforma do microsoft Excel e analisados mediante estatística descritiva no software estatístico IBM SPSS (21.0). Resultados: A maioria dos participantes foram do sexo feminino (71,7%). 76,1% souberam diferenciar uma estufa de uma autoclave, 54,3% não sabiam o que é um artigo crítico, 76,1% não souberam diferenciar artigo crítico, não crítico e semicrítico, 76,1% afirmaram saber como lavar o material corretamente, 67,4% não fazem a desinfecção dos materiais antes de lavá-los e 71,5% usam luvas de látex para a lavagem dos materiais. 34,8% responderam corretamente ao tempo de validade da esterilização de um material (34,8%) e 73,9% têm interesse em capacitação para o correto processo de esterilização. Além disso, 52,2% entendem o que é monitoramento biológico. Conclusão: Os acadêmicos mostraram ter conhecimento e interesse a respeito da temática, porém a aplicação prática ainda encontra-se aquém do preconizado para evitar a contaminação cruzada.

Palavras-chave

Desinfecção; Esterilização; Instrumentos odontológicos.

Texto completo:

PDF

Referências

Carmo MRC, Weckwerth PH, Chavasco JK, Franzolin SOB, Beijo LA, Cruz JRS. Risks of infection on odontological procedures. J Dent Oral Hyg 2012 Dec.;4(4):44-50.

Bustamante Andrade MF, Herrera Machuca J, Ferreira Adam R, Riquelme Sanchez D. Contaminación bacteriana generada por aerosoles en ambiente odontológico. Int J Odontostomat 2014 abr.;8(1):99-105.

Freitas CVS, Dias LS, Araújo CS, Silva VC, Monteiro Neto V, Souza JIL. Assessment of microbiological contamination of radiographic devices in School of Dentistry. Braz Dent Sci 2012 Jan/Mar;15(1):39-46.

Gomes LC, Miguel YD, Rocha TC, Gomes EC. Biossegurança e resíduos de serviços de saúde no cotidiano acadêmico. Rev Ciênc Farm Básica Apl 2014 35(3):443-50.

Ahmed H. Methods of sterilization and monitoring of sterilization across selected dental practices in karachi, pakistan. J Coll Physicians Surg Pak Oct 2015 Oct 25(10):713-6.

Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Serviços odontológicos: prevenção e controle de riscos. Brasília: Ministério da Saúde; 2006.

Cohen JVFB, Leão MVP, Santos SSF. Condutas de biossegurança relacionadas aos trabalhos protéticos utilizadas por cirurgiões-dentistas de Porto Velho (RO). Rev Bras Odontol 2013 jun.;70(1):93-6.

Arantes DC, Hage CA, Nascimento LS, Pontes FSC. Biossegurança aplicada à Odontologia na Universidade Federal do Pará, cidade de Belém, Estado do Pará, Brasil. Rev Pan-Amaz Saude, Ananindeua 2015 mar.;6(1):11-8.

Naressi SCM, Akama CM, Silva LMP, Siviero M. Analysis of the sterilization forms and means of control used by the surgeon-dentists from São José dos Campos - SP. Rev odontol UNESP 2004 out-dez;33(4):169-74.

Pimentel MJ, Batista Filho MMV, Santos JP, Rosa MRD. Biossegurança: comportamento dos alunos de Odontologia em relação ao controle de infecção cruzada. Cad saúde colet 2012 20(4):525-32.

Oliveira GMF, Ribeiro GA, OliveiraI PM, Burgos MEA. Avaliação das atitudes de prevenção de infecção cruzada através de inspeção visual nas clínicas de graduação da Faculdade de Odontologia de Pernambuco – FOP/UPE. Odontol Clín-Cient (Online) 2010 9(4):349-53.

Tomo S, Boer NP, Correia TM, Silva WR, Lima DP, Cunha-Correia AS. Conhecimento de graduandos em Odontologia a respeito das normas de biossegurança. Arch Health Invest 2014 3(4):9-17.


Visualizações do PDF:

232 views


Visualizações do Resumo:

479 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
-->
Tema: Mpg. Customizado por: Articloud