TEORIA MONTESSORIANA: ANÁLISE REFLEXIVA NA EDUCA

Autores

  • Arilza Landeiro Guimarães Dalonso UNIGRENDAL

DOI:

https://doi.org/10.26843/v9.n1.2016.7.p71%20-%2077

Resumo

RESUMO

Quando pensamos em educação especial, já buscamos meios eficientes para trabalhar de forma correta e eficiente. Entramos então na busca de defender a TEORIA MONTESSORIANA, criada por Anna Freud Maria Montessori, como uma das melhores formas de se trabalhar com educandos com deficiência, pois entendemos como educadores que educar é algo poético, que depende não somente do básico da teoria e sim do amor que nos liga a essa profissão. Este trabalho, que tem por objetivo básico a conclusão do curso de mestrado, apresentou no decorrer das pesquisas uma nova visão e base para a profissão. Buscando soluções e modificações imediatas no trabalho diário em sala de aula. O saber a teoria nos remete a uma modificação no cotidiano escolar, desde a forma com que olhamos para nossos alunos até a base estrutural da sala de aula. Este trabalho teve como metodologia a forma descritiva, a qual, segundo Lakatos (1997), expõe a pesquisa de material já publicado e autores renomados para sua execução.

Palavras-chave: Educação Especial; Teoria Montessoriana;Qualidade Educacional.

MONTESSORIAN THEORY: REFLECTIVE ANALYSIS IN SPECIAL EDUCATION 

ABSTRACT

When we think of special education, since we seek efficient ways to work properly and efficiently, then enter the search defend the Montessori Theory, created by Anna Freud Maria Montessori as the best way of working, because we understand as educators that to educate is something poetic, which depends not only on basic theory, but on the love that binds us to this profession. This work, whose primary objective is the completion of the master program, presented in the course of research a new vision and basis for the profession. Seeking solutions and immediate changes in the daily work in the classroom. Knowing the theory leads us to a modification in everyday school life, from the way we look at our students to the structural basis of the classroom. This work has as methodology a descriptive form, which according to Lakatos (1997) exposes the research material already published and renowned authors for its execution.

Key words: Special Education;Montessori Theory; Educational Quality.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AZEVEDO, E. D. M. Apresentação do trabalho Montessoriano. In: Ver. de Educação & Matemática nº. 3 (pp. 26 - 27), 1979. LAKATOS, E. M., MARCONI, M. de A. Metodologia do trabalho cientifico. São Paulo: Atlas, 1997. MELETTI, S. M. F. A Constituição dos Modos de Lidar e de Significar a Condição do Deficiente Mental. In: OLIVEIRA F. N.; ALLIPRANDIN, P. M.; MELETTI, S. M. V. (Orgs). Educação e Reflexão: Contribuição teórica, atuação docente e pesquisa. Londrina: EDUEL, p. 215-231, 2007. MONTESSORI, M. Mente absorvente. Rio de Janeiro, Portugália Editora (Brasil), s.d. ________. A Criança. Lisboa: Portugália, 1949. ________. Mente absorvente. Portugal: Portugália, 1961. ________. Educação e a paz. Papirus: Campinas, São Paulo,1994. ________. Pedagogia científica: a descoberta da nova criança. São Paulo: Editora Flamboyant, 1965.

Downloads

Publicado

2016-01-01

Como Citar

DALONSO, A. L. G. TEORIA MONTESSORIANA: ANÁLISE REFLEXIVA NA EDUCA. Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 9, n. 1, p. 71–77, 2016. DOI: 10.26843/v9.n1.2016.7.p71 - 77. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/ambienteeducacao/article/view/7. Acesso em: 22 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos