Formação continuada de professores: análise teórica especializada de concepções, modelos e dimensões

Autores

  • Judenilson Teixeira Amador Universidade Federal do Pará
  • Cely do Socorro Costa Nunes Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.26843/v12.n1.2019.692.p33-49

Palavras-chave:

Formação continuada. Professores. Concepções. Modelos. Dimensões

Resumo

RESUMO: O artigo tem como objetivo analisar as concepções e os modelos de formação continuada de professores que circulam na literatura especializada brasileira, produzidas nas últimas décadas. Para tanto por meio de uma pesquisa bibliográfica buscamos situar o debate conceitual a respeito de concepções e modelos da formação continuada de professores. A formação continuada de professores (FCP) já se constitui um campo de investigação profícuo no Brasil com uma vasta produção científica em que diferentes abordagens teórico-metodológicas são priorizadas, privilegiando concepções, práticas e políticas, ora de forma indissociáveis ou não, ora nacional e local. Os resultados apontam campo da formação continuada de professores é, de fato, complexo, suscetível de múltiplas perspectivas e condicionado ao momento histórico da sociedade. Ao que nos parece, tudo cabe na seara da FCP, pois são múltiplas suas finalidades, seus termos, suas concepções e suas ações. Também podemos compreender que os modelos formativos de formação são múltiplos, mas que podem ser sintetizados em três modelos: o modelo clássico de formação, o modelo prático reflexivo e o modelo emancipatório político.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Judenilson Teixeira Amador, Universidade Federal do Pará

Doutorando em Educação pela Univarsidade Federal do Parà. Mestre em Direito Ambiental e Políticas Públicas pela Universidade Federal do Amapá. Especialista em Didática do Ensino Superior e Gestão do Trabalho Pedagógico. Licenciado pleno em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará. Integrante do Grupo de Estudos, Pesquisas e práticas na Amazònia Amapaense - GEPEA.

Cely do Socorro Costa Nunes, Universidade Federal do Pará

Possui graduação em Pedagogia - faculdades integradas Colégio Moderno (1984). Mestre em Educação (1995) e Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2000).

Referências

BRASIL. MEC. Referenciais para a Formação de Professores. Brasília, 2002. Disponível em: < http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me000511.pdf>. Acesso em: 13 nov. 2011.

CANDAU, Vera Maria (org.). Formação continuada de professores: questões atuais. In: ______ (org). Magistério: construção cotidiana. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

CHAKUR, Cilene Ribeiro de Sá Leite. (Des)profissionalização docente e formação continuada: situação e perspectivas atuais. In: LEITE, C.D.P.; OLIVEIRA, M.B.L.; SALLES, L.M.F. (Orgs.). Educação, psicologia e contemporaneidade. Taubaté: Cabral Ed. Universitária, 2000. p.71-89.

DEMAILLY, Lise C. Modelos de formação contínua. In: Os professores e a sua formação. N? VOA, António (org.). Lisboa, Portugal: Dom Quixote, 1992.

DEMO. Pedro. Professor e seu direito de estudar. In: SHIGUNOV NETO, Alexandre; MACIEL, Lizete Shizue Bomura (orgs.) Reflexões sobre a formação de professores. Campinas: Papirus, 2002.

FERNANDES, Sônia Cristina Lima. Análise de um processo de Formação em Serviço sob a perspectiva dos professores da educação infantil. Caxambu: Anais da 24ª Reunião Anual da ANPED, 2001.

FERREIRA, Lílian Aparecida. O professor de educação física no primeiro ano da carreira: análise da aprendizagem profissional a partir da promoção de um programa de iniciação à docência. 2006. 229 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2006.

FORMOSINHO, João (coord.). Formação de professores: aprendizagem profissional e acção docente. Porto: Porto Editora, 2009

GATTI, Bernadete Angelina. Análise das políticas públicas para formação continuada no Brasil, na última década. Revista Brasileira de Educação. v. 13, n. 37, jan/abr. 2008.

JACOBUCCI, Daniela Franco Carvalho. A formação continuada de professores em centros e museus de ciências no Brasil. 2006. 302 f. Tese (Doutorado em educação) ? Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2006.

JACOBUCCI, Daniela Franco Carvalho; JACOBUCCI, Giuliano Buzá; MEGID NETO, Jorge. Experiências de formação de professores em centros e museus de ciências no Brasil. In: Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciências, Vigo, v. 8, n. 1, p. 118-136, 2009.

MACIEL, Lizete. Shizue Bomura; SHIGUNOV NETO, Alexandre. (Org.). Formação de Professores: Passado, Presente e Futuro. São Paulo: Cortez, 2004.

MARIN, Alda Junqueira. Educação continuada: introdução a uma análise de termos e concepções. Cadernos Cedes: Campinas, 1995.

NUNES, Hérika Socorro Costa. Formação continuada de professores do Ensino Fundamental centrada na escola: reflexão e pesquisa: ação para a mudança de concepções e práticas de alfabetização e letramento. Tese (Doutorado). Instituto de Educação. Universidade de Lisboa. Lisboa: 2018. (Documento Provisório).

NUNES, Cely do Socorro Costa. Os sentidos da formação contínua de professores: o mundo do trabalho e a formação de professores no Brasil. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, 2000. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/bitstream/REPOSIP/251005/1/Nunes_CelydoSocorroCosta_D.pdf. Acesso em 20 de janeiro de 2017.

SILVA, Ana Maria Costa. A formação contínua de professores: uma reflexão sobre as práticas e as práticas de reflexão em formação. Educação e Sociedade, vol. 21, n° 72, Campinas, Ago. 2000.

NUNES, Célia Maria Fernandes. Saberes docentes e formação de professores: um breve panorama da pesquisa brasileira. Educação & Sociedade, ano XXII, nº 74, abr/2001. p. 27-42.

PRADA, Luis Eduardo Alvarada. Formação participativa de docentes em serviço. Taubaté. Cabral Editora Universitária, 1997.

PRADA, Luis Eduardo Alvorada; FREITAS, Thais Campos; FREITAS, Cinara Aline. Formação continuada de professores: alguns conceitos, interesses, necessidades e propostas. In: Revista Diálogo, Educação. Curitiba. V. 10. n. 30. P.367-387: maio/ago. 2010.

RIBEIRO, Madson Rocha. A formação continuada dos professores de de 1ª a 4ª série do ensino fundamental, em Castanhal Pará: continuidade ou descontinuidade?. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Maranhão, Centro de Ciências Sociais, mestrado em Educação. São Luis, 2005. F. 221.

ROSSI; Fernanda; HUNGER, Dagmar Aparecida Cynthia. A formação continuada sob análise do professor escolar. São Paulo: Unesp, 2013.

SILVA, Janaína da Conceição Martins. Formação continuada de professores: visando a própria experiência para uma nova perspectiva. In. Revista Iberoamericana de Educacón/Revista Ibero Americana de Educação. ISSN: 1681-5653 nº 55/3 ? 15/04/11.

SOUZA, Denise Trento Rebello de. Formação continuada de professores e fracasso escolar: problematizando o argumento da incompetência. In: Revista Educação e Pesquisa. vol. 32 n.3. São Paulo Sept./Dec. 2006. Scielo. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022006000300004. Acesso em: 02 de Jul. de 2018.

TARDIF, Maurici. Saberes docentes & formação profissional. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2002.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro (org). Caminhos da profissionalização do magistério. 2°. ed. Campinas: Papirus, 2001.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2019-01-03

Como Citar

AMADOR, J. T.; NUNES, C. do S. C. Formação continuada de professores: análise teórica especializada de concepções, modelos e dimensões. Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 12, n. 1, p. 33–49, 2019. DOI: 10.26843/v12.n1.2019.692.p33-49. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/ambienteeducacao/article/view/692. Acesso em: 22 jun. 2024.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.