Entre a ostentação do discurso e a miséria das práticas: implicações para o corpo e a educação física escolar no ensino básico no séc. XXI

Autores

  • Rodrigo da Silva Paiva Universidade Nove de Julho Faculdade de Educação Física de Sorocaba

DOI:

https://doi.org/10.26843/v12.n1.2019.652.p108-124

Palavras-chave:

Corpo, Ensino Básico, Educação Física, Metodologias de Ensino

Resumo

Uma das mais marcantes características da sociedade contemporânea é a transformação de fatos e ocorrências cotidianas em espetáculos. A cultura da ostentação perpassa praticamente todos os contextos sociais, inclusive o educacional. Próximos do fim da segunda década do século XXI, há uma crescente onda de exacerbação do discurso pedagógico nos estabelecimentos de ensino que, infelizmente, não vem acompanhada de igual aprimoramento técnico e metodológico das práticas educativas. Interessa-nos, especificamente, o impacto desta ostentação no discurso praticado no âmbito da Educação Física escolar e os desdobramentos e implicações no corpo dos alunos que frequentam o ensino básico. O objetivo deste trabalho de revisão de literatura é debater se, e em que medidas, o distanciamento entre a qualidade do discurso e a qualidade das aulas, de Educação Física, influencia o desenvolvimento de identidades corporais durante todo o percurso de escolarização. Os principais apontamentos da literatura sugerem que a constituição de cidadãos corporalmente cultos, competentes, críticos, entusiastas e saudáveis dar-se-á se, e somente se, as aulas de Educação Física se configurarem como espaços genuínos de experimentação, aprendizado, sucesso, diversidade e possibilitarem a  superação de modelos metodológicos que privilegiam a observação, a fila, a exposição e a mutua comparação. O que se propõe é uma urgente e necessária revisão técnica e metodológica dos modelos fossilizados de ensino, tendo como orientação princípios e variantes do MODELO STEP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo da Silva Paiva, Universidade Nove de Julho Faculdade de Educação Física de Sorocaba

Graduação em Educação Física (licenciatura e bacharel), Pós-Graducação em Aprendizagem Motora, Mestrado em Educação e em Psicologia, Doutorado em Ciencias SOciais e Políticas

Referências

ALMEIDA, Pedro Celso; CAUDURO, Maria Teresa. O Desinteresse pela Educação Física no Ensino Médio. EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, ano 11, n 106, Mar. 2007. Disponível em <http://www.efdeportes.com/efd106/o-desinteresse-pela-educacao-fisica-no ensino médio.htm>, acessado em 09 de setembro de 2018

BIESTA, Gert. What is Education For? On Good Education,Teacher Judgement, and Educational Professionalism, European Journal of Education,Vol. 50, No. 1, 2015

BRACHT, Valter; ALMEIDA, Felipe Quintão. A política de esporte escolar no Brasil: a pseudovalorização da educação física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, SC, v. 24, n. 3, Jul. 2003.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017. Disponível em: < 568 http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_publicacao.pdf>. Acesso em: 01 de agosto de 2018.

______. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Altera a redação da Lei 9394/1996. Brasília, DF: MEC, 1996. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10.793.htm>. Acesso em: 15 julho. 2018.

______. Lei n. 10.793, de 1 de dezembro de 2003. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: MEC, 1996. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm>. Acesso em: 15 julho. 2018.

______. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília, 1998.

______. Ministério do Esporte. Diagnóstico Nacional do Esporte. Brasília, DF, 2013. Disponível em: < http://www.esporte.gov.br/diesporte/>. Acesso em: 11 de agosto de 2018

CAILLOIS, Roger. Os jogos e os homens. Lisboa: Portugal, 1990.

CORREIA, Walter Roberto.Relações entre inclusão social e violência escolar: Questões para a Educação Corporal. In: GIMENEZ, Roberto; FREITAS, Alessandro (orgs.). Educação física inclusiva na Educação Básica: reflexões, propostas e ações. Curitiba: CRV, p27-44, 2015

DARIDO, Suraya Cristina. A educação física na escola e o processo de formação dos não praticantes de atividade física. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v.18, n.1, p.61-80, jan./mar. 2004.

FREIRE, J.B. Educação de corpo inteiro: teoria e prática da Educação Física. São Paulo: Scipione, 1989

GIMENEZ, Roberto. A inclusão de crianças com dificuldades motoras nas aulas de educação física: o que fazer com o último a ser escolhido no time? In: GIMENEZ, Roberto; FREITAS, Alessandro (orgs.). Educação física inclusiva na Educação Básica: reflexões, propostas e ações. Curitiba: CRV, p251-264, 2015

GRA? A, Amândio. O modelo de competências nos jogos de invasão. Anais do VII Seminário de Educação Física Escolar. Escola de Educação Física e Esportes / USP, 2003

JOAQUIM, Erica Roberta; GIMENEZ, Roberto. Educação física e deficiência intelectual: um olhar para a educação inclusiva. In: Roberto Gimenez; Alessandro Freitas. (Org.). Educação Física inclusiva na educação básica: reflexões, propostas e ações. 1ed.Curitiba: CRV,p 159-182, 2015.

KISHIMOTO, Tizuko Morchida (org.) Jogo, brinquedo, brincadeira e educação. São Paulo:

Cortez, 2008.

KUNZ, Elenor. Transformação didático-pedagógica do esporte. Ijuí: Unijuí, 1994.

LE BRETON, David. Adeus ao corpo: antropologia e sociedade. Campinas: Papirus Editora; 2003.

LE BRETON, David. A sociologia do corpo. Petrópolis: Editora Vozes; 2006.

MARTINS, Ida Carneiro; GAIO, Roberta. Educação Infantil e Inclusão: Todo Mundo Está Brincando... Também Posso?. In: Roberto Gimenez; Alessandro Freitas. (Org.). Educação Física inclusiva na educação básica: reflexões, propostas e ações. 1ed.Curitiba: CRV,p 115-134, 2015.

MELO, Eduardo de Lima; SOUSA NETO, Valmir Arruda. Evasão dos alunos do ensino médio nas aulas de educação física: buscando as possíveis explicações para esse ? fenômeno? ?. Redfoco, Natal, UFRN, 2018. MILLEN NETO, Alvaro Rego et al. Evasão escolar e o desinteresse dos alunos nas aulas de educação física. Pensar a Prática, v. 13, n. 2, set. 2010. ISSN 1980-6183. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/7559>. Acesso em: 04 de setembro de 2018.

MOSER, Ana Beatriz.; D? ANGELO, Fabio. (Org.). Guia da Prática Pedagógica: Oficinas do Esporte. Porto Alegre, Mediação, 2014

NEIRA, Marcos Garcia. Educação Física cultural: inspiração e prática pedagógica. Jundiai: Paco Editora, 2018.

N? VOA, Antonio. Os professores na virada do milênio: do excesso dos discursos à pobreza das práticas. Educ. Pesquisa. [online], vol.25, n.1, p11-20, 1999.

PAIVA, Rodrigo. Falácias no planejamento do legado esportivo da copa do mundo FIFA nas doze cidades-sede no Brasil.2018. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) ? Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Pontificia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018

PAIVA, Rodrigo; D? ANGELO, Fabio; VEN? NCIO, Cibele; FREIRE, Joao Batista. O jogo: conteúdo e estratégia para ensinar bem o esporte para todos. São Paulo: Revista Remecs. 2(2):47-56, 2016;

PAIVA, Rodrigo; ROSSETTO JUNIOR, Adriano José. (Des)Educação Física e a constituição de corpos inibidos. Anais do III Congresso Bienal da Associação Latino Americana de Filosofia do Esporte. São Paulo: USP, 2018.

PARENTE, Cláudia da Mota Darós; VALLE, Luiza Elena L.R.; MATTOS, Maria José Viana (Orgs). A formação de professores e seus desafios frente às mudanças sociais, políticas e tecnológicas. Porto Alegre: Penso, 2015.

POPPER, Karl R. Conjecturas e refutações. 2ª Edição. Brasília: Editora UnB, 1982.

ROSSETTO J? NIOR, A. J. et al. Jogos Educativos: estrutura e organização da prática. São Paulo: Phorte, 2005.

ROSSETTO JUNIOR, Adriano José ; PAIVA, Rodrigo . Outsiders do esporte: reistências e transgressões. The FIEP Bulletin , v. 86, p. 96-100, 2016.

SCH? N, Donald Alan. Educando o profissional reflexivo ? um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre, Editora Artmed, 2000.

SKINNER, Burrus Frederich. Tecnologia do ensino. São Paulo, Editora Herder & USP, 1972.

VYGOTSKY, L. S. Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1989

WEINBERG, Robert; GOULD, Daniel. Fundamentos da Psicologia aplicada ao exercício e ao esporte. Porto Alegre: ARTMED, 2001

WIEDEMAN, Nana et al. Moving Together Promoting psychosocial well-being through sport and physical activity. Denmark, KLS, 2014

ZEICHNER, Kenneth. Uma análise crítica sobre a "reflexão" como conceito estruturante na formação docente. Educação e Sociedade, Campinas, v. 29, n. 103, 2008.

http://pt.designedtomove.org/

https://www.youtube.com/watch?v=IlZlSSVlnig

Downloads

Publicado

2019-01-03

Como Citar

PAIVA, R. da S. Entre a ostentação do discurso e a miséria das práticas: implicações para o corpo e a educação física escolar no ensino básico no séc. XXI. Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 12, n. 1, p. 108–124, 2019. DOI: 10.26843/v12.n1.2019.652.p108-124. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/ambienteeducacao/article/view/652. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático: Corpo e Movimento na Educação Básica