Escola Internato: adolescência, regras e relações, de Luciane Baseggio Vendruscolo e Maria Teresa Ceron Trevisol. Curitiba: APPRIS, 2017. 193 pp.

Autores

  • Elizangela Gomes Nascimento UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO Mestrado em Educação. Linha de pesquisa: Práticas Pedagógicas e Gestão Educacional.

DOI:

https://doi.org/10.26843/v12.n1.2019.651.p203a205

Palavras-chave:

Formação de professores.

Resumo

O estudo minucioso parte da investigação empírica, descritiva, de natureza quanti-qualitativa, ocorrida entre 2012 e 2013, no Instituto Federal Catarinense (IFC), Campus Concórdia, realizado pela mestranda em Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGED), Luciane Baseggio Vendruscolo, da Universidade do Oeste de Santa Catarina, Campus de Joaçaba. A pesquisadora, que atua há 22 anos como Técnica em Educação na instituição e, desde 2008, no internato, observou o vasto campo de estudo, frente à necessidade de compreensão de como são construídas as relações durante os anos de internato.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-01-03

Como Citar

NASCIMENTO, E. G. Escola Internato: adolescência, regras e relações, de Luciane Baseggio Vendruscolo e Maria Teresa Ceron Trevisol. Curitiba: APPRIS, 2017. 193 pp. Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 12, n. 1, p. 203a205, 2019. DOI: 10.26843/v12.n1.2019.651.p203a205. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/ambienteeducacao/article/view/651. Acesso em: 22 jun. 2024.

Edição

Seção

Resenhas

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.