Escolarização dos talentos esportivos: busca pelo sucesso no esporte, distanciamento da escola e conflitos legais

Autores

  • Celia Maria Haas Universidade Cidade de São Paulo
  • Ricardo Antonio Torrado de Carvalho

DOI:

https://doi.org/10.26843/v11.n3.2018.648.p374-394

Palavras-chave:

Ascensão social. Políticas educacionais para a educação superior. Legislação esportiva. Escolarização de atletas. Formação de talentos esportivos.

Resumo

Este artigo tem o objetivo apresentar os resultados da pesquisa

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Celia Maria Haas, Universidade Cidade de São Paulo

Graduada em Pedagogia pela Fundação Faculdade Estadual de Educação Ciências e Letras de Paranavaí (1974); Mestre em Educação: História e Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1989); Doutora em Educação (Supervisão e Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996). ? professora titular no Programa de Mestrado em Educação da Universidade Cidade de São Paulo. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Administração Educacional, com atuação nos seguintes temas: políticas públicas de educação; avaliação e gestão da educação superior; planejamento e desenvolvimento curricular; universidade privada; formação de professores e implantação de EaD em um curso de Pedagogia. Atualmente conta com financiamento FAPESP para a pesquisa ? A avaliação da educação superior no Brasil: sistema implementado pelo governo federal e uso dos seus resultados na gestão institucional? ?. http://lattes.cnpq.br/9653389289239837

Referências

Referências

BALZANO, O.N. A formação do jogador de futebol e sua relação com a escola. Revista Digital E.F. deportes. Buenos Aires, a. 17, n. 172, 2012. Disponível em: <http://www.efdeportes.com/efd172/a-formacao-do-jogador-de-futebol.htm>. Acesso em: 15 out. 2017.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação. uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto, 1999.

BRASIL. Decreto-Lei Federal n.º 715, de 30 de julho de 1969. (1969a). Altera dispositivo da Lei n.º 4.375, de 17 de Agosto de 1964 (Lei do Serviço Militar). Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1960-1969/decreto-lei-715-30-julho-1969-374749-publicacaooriginal-1-pe.html>. Acesso em: 15 fev. 2018.

______. Decreto-Lei Federal n.º 1.044, de 21 de outubro de 1969. (1969b). Dispõe sobre tratamento excepcional para os alunos portadores das afecções que indica. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del1044.htm>. Acesso em: 16 mar. 2018.

______. Lei Federal n.º 6.202, de 17 de abril de 1975. Atribui à estudante em estado de gestação o regime de exercícios domiciliares instituído pelo Decreto-Lei n.º 1.044, de 1969, e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/1970-1979/l6202.htm>. Acesso em: 16 fev. 2018.

______. Resolução n.º 4, de 16 de setembro de 1986. Dispõe sobre o mínimo de frequência obrigatória nos cursos superiores. Disponível em: <http://www.facsenac.edu.br/portal/images/documentos/legislacao/resolucao_cfe_04.pdf >. Acesso em: 13 fev. 2018.

______. Lei Federal n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/leis/L9394.htm>. Acesso em: 16 fev. 2018.

______. Parecer CNE/CEB n.º 5, de 7 de maio de 1997. Proposta de Regulamentação da Lei nº 9.394/96. Disponível em: <http://www.crmariocovas.sp.gov.br/pdf/diretrizes_p0291-0305_c.pdf>. Acesso em:

______. Lei Federal n.º 9.615, de 24 de março de 1998. Institui normas gerais sobre desporto e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9615consol.htm>. Acesso em: 13 fev. 2018.

______. Lei Federal nº 9.981, de 14 de julho de 2000. Altera dispositivos da Lei no 9.615, de 24 de março de 1998, e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9981.htm#art1>. Acesso em: 13 fev. 2018.

______. Lei Federal n.º 10.891, de 9 de julho de 2004. Institui a Bolsa-Atleta. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.891.htm>. Acesso em:

______. Parecer CNE/CES n.º 224, de 20 de setembro de 2006. Consulta sobre abono de faltas a estudantes que se ausentem regularmente dos horários de aulas devido a convicções religiosas. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/pces224_06.pdf>. Acesso em: 13 fev. 2018.

______. Lei Federal n.º 12.395, de 16 de março de 2011. Altera as Leis n.os 9.615, de 24 de março de 1998, que institui normas gerais sobre desporto, e 10.891, de 9 de julho de 2004, que institui a Bolsa-Atleta; cria os Programas Atleta Pódio e Cidade Esportiva; revoga a Lei n.º 6.354, de 2 de setembro de 1976; e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12395.htm>. Acesso em: 13 fev. 2018.

BUENO, L. Políticas Públicas do esporte no Brasil: razões para o predomínio do alto rendimento. Tese (Doutorado em Administração Pública e Governo) - Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2008.

CALONIO, C. A Lei 12.395 e a formação de atletas no Brasil. CONGRESSO LUSO-AFRO-BRASILEIRO DE CI? NCIAS SOCIAIS, 11., Salvador/BA 2011. Anais... Disponível em: <http://www.xiconlab.eventos.dype.com.br/resources/anais/3/1307102757>. Acesso em: 20 jan. 2018.

CAVALCANTE, M.C.L.P. Políticas de educação superior: acesso e permanência de estudantes trabalhadores dos cursos noturnos. 240 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, 2008.

CORREIA, C.A.J. Entre a profissionalização e a escolarização: projetos e campo de possibilidades em jovens atletas do Colégio Vasco da Gama. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação no Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014.

COSTA, F. R. A escola, o esporte e a concorrência entre estes mercados para jovens atletas mulheres no futsal de Santa Catarina. (Tese de Doutorado em Educação Física) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2012.

DAMO, A.S. Do dom à profissão: formação de futebolistas no Brasil e na França. São Paulo: Aderaldo e Rothschild: Anpocs, 2007.

DI PIERRO, C. Diálogos sobre Psicologia do esporte: Psicologia do esporte, práticas integrativas e complementares. Do que estamos falando? In: CICLO ESTADUAL DE DEBATES DO CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA, 2015, São Paulo. Mesa Redonda. São Paulo: Conselho Regional de Psicologia, 2015. Disponível em: <http://www.crpsp.org.br/portal/comunicacao/2015_04_27-PSI-SPORTE/2015_04_27-PSI-ESPORTE.html>. Acesso em: 21 mar. 2018.

EPIPHANIO, E.H. Conflitos vivenciados por atletas quanto à manutenção da prática esportiva de alto rendimento. Estudos em Psicologia, a. 19, n. 1, p. 15-22, 2002.

GAIOSO, N.P.L. O fenômeno da evasão escolar na educação superior no Brasil. Universidade Católica de Brasília, 2005. Disponível em: <http://proyecto.unlam.edu.ar/espec/htdocs1/%5Cprogramas%5CDeserci%C3%B3n%5CInforme%20Deserci%C3%B3n%20Brasil%20-%20D%C3%A9bora%20Niquini.pdf>. Acesso em: 16 fev. 2018.

GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GISI, M.L. Políticas educacionais para a Educação Superior: acesso, permanência e formação. Revista Diálogo Educacional. a. 4, n. 11, p. 43-52, jan./abr. 2004. [On-line]. Disponível em: <http://www2.pucpr.br/reol/index.php/DIALOGO?dd1=547&dd99=view>. Acesso em: 16 fev. 2018.

LUNA, S. V. Planejamento de pesquisa: uma introdução. São Paulo: EDUC, 1996.

MARTINS, G. A. Manual para elaboração de monografias e dissertações. São Paulo: Atlas, 1994.

MELO, L.B.S. Formação e escolarização de jogadores de futebol no estado do Rio de Janeiro. 72 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Gama Filho, Rio de Janeiro, 2010.

MELO, L.B.S.; SOARES, A.J.G.; ROCHA, H.P.A. Perfil educacional de atletas em formação no futebol no Estado do Rio de Janeiro. Rev. bras. educ. fís. esporte [on-line]. A 28, n. 4, p. 617-628, 2014. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/1807-55092014000400617>. Acesso em: 13 fev. 2018.

PACHECO, E.; RISTOFF, D.I. (2004). Educação superior: democratizando o acesso. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Série Documental. Textos para discussão n. 12).

ROM? O, M; COSTA, F.R; SOARES, A.J.G. Escolarização de equipes do voleibol no Rio de Janeiro. In: CCONGRESSO ESPÍRITO-SANTENSE DE EDUCA? ? O FÍSICA NAS POLÍTICAS P? BLICAS: TRABALHO E GEST? O INTEGRADA, 11., Anais... Vitória/ES, 2011.

S? O PAULO. Lei Estadual n.º 13.748, de 8 de outubro de 2009. Determina aos clubes de futebol que assegurem matrícula em instituição de ensino aos jogadores menores de 18 (dezoito) anos a eles vinculado. Disponível em: <https://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/lei/2009/lei-13748-08.10.2009.html>. Acesso em: 16 fev. 2018.

SARKIS, P. J. Eqüidade de acesso à educação superior: o caso da UFSC. In: PEIXOTO, M. do C. de L. (Org). Universidade e Democracia: experiências e alternativas para ampliação do acesso à Universidade pública brasileira. Belo Horizonte: UFMG, 2004.

SEGNINI, L. R. P. Educação e trabalho: uma relação tão necessária quanto insuficiente. São Paulo em Perspectiva, a. 14, n. 2, p. 72-81, abr./jun. 2000.

SEVERINO, A.J. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez, 2007.

SOARES, G. J. A. et al. Mercado, escola e a formação dos jogadores de futebol no Brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CI? NCIAS DO ESPORTE, 16., e CONGRESSO INTERNACIONAL DE CI? NCIAS DO ESPORTE, 3., Anais... Salvador/Bahia, set. 2009.

TRIVI? OS, A.N.S. Introdução à pesquisa em ciências sociais. São Paulo: Atlas, 1987.

ZAGO, N. Do acesso à permanência no ensino superior: percursos de estudantes universitários de camadas populares. Revista Brasileira de Educação, a. 11, n. 32, 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/sciel.php?script=sci_arttext&pid=S1413>. Acesso em: 10 mar 2018.

Downloads

Publicado

2018-10-07

Como Citar

HAAS, C. M.; CARVALHO, R. A. T. de. Escolarização dos talentos esportivos: busca pelo sucesso no esporte, distanciamento da escola e conflitos legais. Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 11, n. 3, p. 374–394, 2018. DOI: 10.26843/v11.n3.2018.648.p374-394. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/ambienteeducacao/article/view/648. Acesso em: 22 abr. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)