Práticas pedagógicas formativas

As singularidades de um curso de pedagogia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/ae.v15i00.1166

Palavras-chave:

Atividade de Integração Pedagógica, Interdisciplinaridade, Pedagogia

Resumo

O presente artigo objetiva discutir a concepção de Atividade de Integração Pedagógica (AIP) a partir da percepção dos acadêmicos concluintes de um curso de Pedagogia. Como procedimentos metodológicos, valeu-se das pesquisas documental, bibliográfica e de campo e utilizou-se do questionário como instrumento de produção das informações. Nas discussões, a AIP assume centralidade e é associada aos temas Extensão, Atividade Acadêmico-científico-cultural (AACC), Interdisciplinaridade, Multidisciplinaridade, Transdisciplinaridade e Educação. Conclui-se o texto sintetizando os dilemas que envolvem a AIP, enfatizando a importância de pesquisas que tomem como caso empírico de análise as próprias vivências curriculares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Cardoso Alves, Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), Belo Horizonte – MG – Brasil

Professor do Departamento de Fundamentos Sócio Históricos e Filosófico da Educação. Doutorando em Educação (UFMG).

Macilene Vilma Gonçalves Ribeiro, Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), Belo Horizonte – MG – Brasil

Professora do Departamento de Administração Educacional. Doutorado em Educação (UFMG).

Referências

ALMEIDA FILHO, N. Transdisciplinaridade e Saúde Coletiva. Ciência & Saúde Coletiva, v. 2, n. 1-2, p. 5-20, 1997. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/ZvbpZyt8VYHSQT4jbcWzbHw/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 12 jan. 2022.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação. Tradução: Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto: Porto Editora, 1994.

BRASIL. Decreto n. 66.855, de 7 de julho de 1970. Autoriza funcionamento do Curso de Pedagogia do Instituto de Educação de Minas Gerais, sediado em Belo Horizonte, no Estado de Minas Gerais. Brasília, DF: Presidência da República, 1970. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1970-1979/decreto-66855-7-julho-1970-408429-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 12 jan. 2022.

BRASIL. Decreto n. 74.109, de 27 de maio de 1974. Concede reconhecimento ao curso de Pedagogia do Instituto de Educação de Minas Gerais, com sede na Cidade de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais. Brasília, DF: Presidência da República, 1974. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1970-1979/decreto-74109-27-maio-1974-422730-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 12 jan. 2022.

BRASIL. Resolução n. 02, de 01 de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Brasília, DF: CNE, 2015. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/agosto-2017-pdf/70431-res-cne-cp-002-03072015-pdf/file. Acesso em 14 jan. 2022.

FAZENDA, I. C. A. Integração e interdisciplinaridade no ensino brasileiro: Efetividade ou ideologia. 6. ed. São Paulo: Edições Loyola Jesuítas, 2011.

FOLLARI, R. Interdisciplina e dialética: Sobre um mal-entendido. In: JANTSHI; A.; BIANCHETTI, L. (org.). Interdisciplinaridade: Para além da filosofia do sujeito. Petrópolis, RJ: Vozes, 2004.

FREIRE, P. Extensão ou comunicação? Tradução: Rosisca Darcy de Oliveira. 7. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

HECKHAUSEN, H. Discipline et interdisciplinarité. In: CERI (ed.). L'interdisciplinarité. Problèmes d'enseignement et de recherche dans les Universités. Paris: UNESCO; OCDE, 1972.

MINAS GERAIS. Decreto n. 12235, de 01 de dezembro de 1969. Cria, no Instituto de Educação de Minas Gerais, o Curso de Pedagogia. Belo Horizonte, MG: Governo do Estado, 1969. Disponível em: https://www.almg.gov.br/legislacao-mineira/texto/DEC/12235/1969/. Acesso em: 12 jan. 2022.

MINAS GERAIS. Decreto n. 36.896, de 24 de maio de 1995. Dispõe sobre a estrutura complementar dos Campi regionais da Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG e dá outras providências. Belo Horizonte, MG: Governo do Estado, 1995. Disponível em: https://www.almg.gov.br/legislacao-mineira/texto/DEC/36896/1995/. Acesso em: 12 jan. 2022.

MINAS GERAIS. Lei n. 11.539, de 22 de julho de 1994. Dispõe sobre a Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG – e dá outras providências. Belo Horizonte, MG: Governo do Estado, 1994. Disponível em: https://www.uemg.br/downloads/940722_LE_11539.pdf. Acesso em: 12 jan. 2022.

PETRAGLIA, I. C. Interdisciplinaridade. São Paulo. Pioneira. 1993.

PIRES, M. F. C. Multidisciplinaridade, Interdisciplinaridade e Transdisciplinaridade no Ensino. Interface – Comunic, Saúde, Educ., n. 2, p. 173-182, 1998. Disponível em: https://www.scielo.br/j/icse/a/DC3DXHvJpTYfKzNdrRgX9Nj/?lang=pt. Acesso em: 15 jan. 2022.

UEMG. Universidade do Estado de Minas Gerais. Projeto Pedagógico do Curso de Pedagogia da Faculdade de Educação. Belo Horizonte, MG: UEMG, 2019. Disponível em: https://www.uemg.br/images/PDFs/PPCs/PPC_Pedagogia_FAE_aprovado_coepe_01.07.2020.pdf. Acesso em: 20 jan. 2022.

Publicado

2022-12-29

Como Citar

Alves, D. C., & Ribeiro, M. V. G. (2022). Práticas pedagógicas formativas: As singularidades de um curso de pedagogia. Revista @mbienteeducação, 15(00), e022025. https://doi.org/10.26843/ae.v15i00.1166

Edição

Seção

Artigos Científicos