[1]
V. da S. Lobato, “Representações sociais e violências nas escolas: possíveis articulações”, AE, vol. 7, nº 2, p. 330–339, jan. 2018.