Formação inicial de professores que ensinam matemática e a mobilização de saberes docentes pela colaboração

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/v13.n3.2020.973.p86-105

Palavras-chave:

Formação de Professores, Saberes Docentes, Educação Matemática nos anos iniciais, Trabalho Colaborativo.

Resumo

Relatamos dados de uma pesquisa de mestrado em Educação Matemática vinculada à Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcielli de Lemos Cremoneze, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS.

Mestra em Educação Matemática pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS, Campo Grande; Licenciada em Pedagogia pela UFMS, Câmpus Naviraí. Integrante do "MANCALA - Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática, Cultura e Formação Docente" (CNPq/UFSCar).

Klinger Ciríaco, Universidade Federal de São Carlos - UFSCar, São Carlos-SP.

Professor Adjunto do Departamento de Teorias e Práticas Pedagógicas - DTPP - do Centro de Educação e Ciências Humanas - CECH - da Universidade Federal de São Carlos - UFSCar, São Carlos-SP. Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (PPGEdumat/UFMS). Líder do "MANCALA - Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Matemática, Cultura e Formação Docente" (CNPq/UFSCar).

Referências

BOAVIDA, Ana Maria; Ponte, João Pedro. Investigação colaborativa: Potencialidades e problemas. In: GTI (Org). Reflectir e investigar sobre a prática profissional. Lisboa: APM. 2002, p. 43-55.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa e educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto Editora, LTDA, 1994.

C? NDIDO, Patrícia Teresinha. Comunicação em Matemática. In: SMOLE, Kátia Stocco; DINIZ, Maria Ignez. (org.). Ler, escrever e resolver problemas: habilidades básicas para aprender Matemática. SMOLE, Kátia Stocco; DINIZ, Maria Ignez. (org.) . Porto Alegre. Artmed. 2001. p.17-28.

CANAVARRO, Ana Paula. O pensamento algébrico na aprendizagem da Matemática nos primeiros anos. Quadrante. Vol. XVI, nº 2, 2007. Disponível em: https://dspace.uevora.pt/rdpc/bitstream/10174/4301/1/_Quadrante_vol_XVI_2-2007-pp000_pdf081-118.pdf. Acesso em: 15, jun. 2018.

CIRÍACO, Klinger Teodoro. Professoras iniciantes e o aprender a ensinar Matemática em um grupo colaborativo. Presidente Prudente, SP. 2016. 334 f. Tese (Doutorado em Educação) ? Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista ? Júlio de Mesquita Filho? ? ? FCT/UNESP, 2016. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/139512/ciriaco_kt_dr_prud.pdf?sequence=3&isAllowed=y. Acesso em: 20, abr. 2019.

CIRÍACO, Klinger Teodoro; MORELATTI, Maria Raquel Miotto. Notas sobre colaboração, grupos colaborativos e desenvolvimento profissional de professores iniciantes. In: CIRÍACO, Klinger Teodoro; RODRIGUES, Zionice Garbeline Martos. (Orgs.). Práticas de colaboração em contextos de formação com professores que ensinam Matemática. Curitiva: CRV, 2016. p.15-43.

CURI, Edda. Formação de professores polivalentes: uma análise de conhecimentos para ensinar Matemática e de crenças e atitudes que interferem na constituição desses conhecimentos. 2004. 278f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) ? Pontifícia Universidade Católica de São Paulo ? PUC/SP. 2004. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/MATEMATICA/Tese_curi.pdf. Acesso em: 13, jul. 2019.

FERREIRA, Ana Cristina. O trabalho colaborativo como ferramenta e contexto para o desenvolvimento profissional: compartilhando experiências. In: NACARATO, Adair. Mendes; PAIVA, Maria Auxiliadora Vilela (Orgs.). A formação do professor que ensina Matemática: perspectivas e pesquisas. 3ª. ed. Belo Horizonte: Autentica, 2013. p.149-166.

L? DKE, Menga; ANDR? , Marli. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: Pedagógica e Universitária, 1986.

NACARATO, Adair Mendes; GRANDO, Regina Célia; TORICELLI, Luana; TOMAZETTO, Miriam. Professores e futuros professores compartilhando aprendizagens: dimensões colaborativas em processos de formação. In: NACARATO, Adair Mendes; PAIVA, Maria Auxiliadora Vilela. (orgs.). A formação de professores que ensinam Matemática: perspectivas e pesquisas. 3. ed. Belo Horizonte: Autentica, 2013. p. 197-212.

OLIVEIRA, Sandra Alves; PASSOS, Carmen Lucia Brancaglion. O trabalho colaborativo e o desenvolvimento profissional de um grupo de professores dos anos iniciais: olhar para resolução de problemas. Cad. Pesq., São Luís, v. 24, n. Especial, set./dez. 2017. Disponível em: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cadernosdepesquisa/article/view/8077. Acesso em: 15, mar. 2019.

STANCANELLI, Renata. Conhecendo diferentes tipos de problemas. In: SMOLE, Kátia Stocco; DINIZ, Maria Ignez. (Org.). Ler, escrever e resolver problemas: habilidades básicas para aprender matemática. Porto Alegre: Artmed, 2001. p.103-120.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 8ª. ed. Vozes. 2007.

TARDIF, Maurice. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: Elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação à formação para o magistério. Revista Brasileira de Educação. 2000. p. 5-24. Disponível em: http://anped.tempsite.ws/novo_portal/rbe/rbedigital/RBDE13/RBDE13_05_MAURICE_TARDIF.pdf. Acesso em: 13, mar. 2019.

Downloads

Publicado

2020-09-07

Como Citar

CREMONEZE, M. de L.; CIRÍACO, K. Formação inicial de professores que ensinam matemática e a mobilização de saberes docentes pela colaboração. Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 13, n. 3, p. 86–105, 2020. DOI: 10.26843/v13.n3.2020.973.p86-105. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/ambienteeducacao/article/view/973. Acesso em: 27 maio. 2024.