Gestão educacional e escolar: inquietações sobre a gestão e a formação de professores(as)

Autores

  • Pâmela Vicentini Faeti Fundação Universidade Federal de Rondônia

DOI:

https://doi.org/10.26843/v13.n3.2020.960.p208-229

Palavras-chave:

Educação. Formação de professores. Gestão Escolar. Estágio

Resumo

Este texto tem como objetivo geral refletir sobre a gestão educacional e escolar como bases para a construção de leituras de mundo na formação de professores(as). Desse modo, empreendi uma pesquisa qualitativa, de cunho bibliográfico, por meio de um levantamento das produções acadêmicas entre os anos de 2009 a 2019, com as palavras-chave: Educação, Gestão escolar e Formação de professores. Foram consultadas as plataformas de pesquisa: BDTD, Scielo e Google acadêmico. Como resultado encontrei 14 trabalhos. A partir de leitura dos títulos e resumos 3 trabalhos foram selecionados para a composição deste texto. Como resultados, pontuo que apesar de poucos trabalhos encontrados, os estudos analisados sinalizam a pertinência da aproximação da realidade da gestão educacional e escolar à formação inicial de professores, principalmente para a ampliação das leituras de mundo acerca das imbricações políticas na realidade escolar e na formação docente. Concluo esse estudo enfatizando a necessidade de discutirmos a formação inicial, etapa crucial para a compreensão do papel das licenciaturas, em especial da Pedagogia frente às demandas escolares postas na contemporaneidade.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pâmela Vicentini Faeti, Fundação Universidade Federal de Rondônia

Professora Efetiva no Departamento de Educação da Universidade Federal de Rondônia em Rolim de Moura, RO. Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá (2017). Mestre em Educação pela mesma universidade - linha de pesquisa - formação de professores. ? membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Estudos Culturais e Educação Contemporânea- GEPECEC/UNIR e Grupo de Estudos e Pesquisa em Psicologia e Educação na Amazônia (GEPPEA.

Referências

ARANTES, Ana Paula; GEBRAN, Raimunda. O curso de Pedagogia e o processo de formação do pedagogo no Brasil: percurso histórico e marcos legais. Holos. Ano 30, vol. 6, 2014.

ARA? JO, Marília de Oliveira. O estágio supervisionado em gestão escolar na licenciatura em educação do campo: contribuição para a prática gestora nas escolas do campo do cariri paraibano. 2017. 67f. (Trabalho de Conclusão de Curso ? Monografia), Curso de Licenciatura em Educação do Campo, Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, Universidade Federal de Campina Grande, Sumé ? Paraíba ? Brasil, 2017.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Educação é a base. Brasília: Ministério da Educação - MEC, dezembro de 2017.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Conselho Nacional de Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei 9.394, 20 dez. 1996. Conteúdo online disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/lei9394_ldbn1.pdf . Acesso em: 15 de mai. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, Licenciatura. Parecer CNE/CP n.5, 13 dez. 2005. Conteúdo online disponível em http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/pcp05_05.pdf. Acesso em: 15 de mai. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, Licenciatura. Resolução CNE/CP n.1, 15 maio 2006. Conteúdo online disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_06.pdf. Acesso em: 15 de mai. 2020.

Brasil. Ministério da Educação e Cultura. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, Licenciatura. Resolução CNE/CP nº 2, de 1 de julho de 2015. Conteúdo disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/agosto-2017-pdf/70431-res-cne-cp-002-03072015-pdf/file Acesso em: 15 de mai. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, Licenciatura. Resolução CNE/CP nº 2, de 20 de dezembro de 2019. Conteúdo disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/dezembro-2019-pdf/135951-rcp002-19/file Acesso em: 15 de mai. 2020.

BUJES, M. I. Descaminhos. In: COSTA, Maria V. (Org.). Caminhos investigativos II: outros modos de pensar e fazer em educação. Rio de Janeiro: DP&A, 2002, p. 11-33.

CARDOSO V. O., L. As contribuições do estágio supervisionado na formação do docente-gestor para a educação básica Ensaio. Pesquisa em Educação em Ciências, vol. 11, núm. 2, Dez, 2009 Universidade Federal de Minas Gerais Minas Gerais, Brasil

FREIRE, P. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. Campinas: Autores Associados; São Paulo: Cortez, 2011.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5.ed. São Paulo: Atlas, 1999.

KOHAN, W. Paulo Freire, mais do que nunca: uma biografia filosófica. Belo Horizonte Vestígio, 2019.Paro (1998, p. 5)

LIB? NEO, J.C.; OLIVEIRA, J.F.; TOSCHI, M. S. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. São Paulo: Cortez, 2012.

LIB? NEO, J. C.; et. al. O sistema de organização e de Gestão da Escola: teoria e prática. In. Educação Escolar: políticas, estrutura e organização. São Paulo: Cortez, 2003.

LIB? NEO, J. C.; et. al. Educação Escolar: políticas, estrutura e organização. Coleção Docência em Formação. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

OLIVEIRA, I. C.; VASQUES-MENEZES, Ione. Revisão de literatura: o conceito de gestão escolar. Cad. Pesqui., São Paulo, v. 48, n. 169, p. 876-900, Sept. 2018.

PARO, V. H. A gestão da educação ante as exigências de qualidade e produtividade da escola pública. São Paulo, 1998.

SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. rev. e atual. São Paulo: Cortez, 2007.

SOUZA, N. M de; AZEVEDO, M. S. de; GALDINO, F. A. P.; BRITO, N. Uma experiência de estágio na gestão escolar: formação continuada com professores da Educação Infantil. Regae: Rev. Gest. Aval. Educ., Santa Maria, v. 8, n. 17, Pub. contínua 2019, p. 1-13.

TANURI, L. M. História da formação de professores. Rev. Bras. Educ. [online]. 2000, n.14, pp.61-88. ISSN 1413-2478.

VIEIRA, S. L. Gestão, avaliação e sucesso escolar: recortes da trajetória cearense. Estud. Avaliativos., Ago. 2007, vol.21, nº 60, p.45-60.

______ . Política(s) e Gestão da Educação Básica: revisitando conceitos simples. RBPAE ? v.23, n.1, p. 53-69, jan./abr. 2007.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2020-09-07

Como Citar

VICENTINI FAETI, P. Gestão educacional e escolar: inquietações sobre a gestão e a formação de professores(as). Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 13, n. 3, p. 208–229, 2020. DOI: 10.26843/v13.n3.2020.960.p208-229. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/ambienteeducacao/article/view/960. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê temático: "Gestão escolar e formação docente: diferentes perspectivas"