A (in)visibilidade conceitual da categoria

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/v13.n3.2020.954.p28-42

Palavras-chave:

Identidade docente, ANPEd, Formação do professor

Resumo

Este artigo aborda a (in)visibilidade do conceito de identidade docente em artigos que se propuseram discutir o referido conceito dentro do Grupo de Trabalho 8 (GT8) da ANPED- Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, organizado para discutir os processos de formação do professor. Ele se constitui como uma pesquisa meta-analítica de treze artigos apresentados e publicados nos anais do (G8), da ANPED - entre 2006 e 2017. A análise elegeu como categorias conceituais formação e identidade docente. Sua construção está pautada na pesquisa bibliográfica e na comparação de diferentes pontos de vista de educadores/autores sobre a categoria identidade docente ao logo de mais de uma década. Ao final, constatamos que, apesar da proposição de discutir a categoria identidade dentro da perspectiva da formação docente, alguns autores não conceituaram a categoria, optando por usar de sinônimos e discussões pouco fieis ao tema, enquanto outros apresentaram conceitos e citações de renomados autores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gildison Alves de Souza, Universidade do Estado da Bahia

Mestre em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Integrante do Grupo de estudos, pesquisa e extensão em Educação Especial e Educação Física adaptada (GEPEFA).

Elisa Carneiro Santos de Almeida, Universidade Federal da Bahia

Mestra em Educação pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e Doutoranda em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professora do município de Feira de Santana.

Osni Oliveira Noberto da Silva, Universidade do Estado da Bahia

Mestre e Doutorando em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professor do Departamento de Ciências Humanas, Campus IV, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB).

Líder do Grupo de estudos, pesquisa e extensão em Educação Especial e Educação Física adaptada (GEPEFA) e integrante do Grupo de estudos sobre Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiais (GEINE).

Referências

AGUIAR, M. C. C. Implicações da formação continuada para a construção da identidade profissional. 29ª Reunião Nacional da ANPEd, Caxambu - MG. Anais, 2006. Disponível em: http://www.anped.org.br/biblioteca/item/implicacoes-da-formacao-continuada-para-construcao-da-identidade-profissional

AGUIAR, M. C. C. Tendências e implicações da formação continuada para a identidade profissional docente universitária. Reunião Nacional da ANPEd, 37, 2014, Florianópolis. Anais... Florianópolis: 2014. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2015.

ALVES, C. S.; ANDR? , M. E. D. A. A constituição da profissionalidade docente: os efeitos do campo de tensão do contexto escolar sobre os professores. 36ª Reunião Nacional da ANPEd, Goiânia ? GO, 2013. Disponível em: http://36reuniao.anped.org.br/pdfs_trabalhos_aprovados/gt08_trabalhos_pdfs/gt08_2640_texto.pdf

AKKERMAN, S.F.; MEIJER, P.C. A dialogical approach to conceptualizing teacher identity. Teaching and Teacher Education, 27, 308-319, 2011.

ANDR? , M. et al. Estado da arte da formação de professores no Brasil. Educação & Sociedade, 20, 301-309, 1999.

BERGER, P.; LUCKMANN, T. A construção social da realidade. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 1985.

BOURDONCLE, R.; MATHEY-PIERRE, C. Autour du mot ? professionnalité? ?. Recherche et Formation, Lyon, n. 19, p. 137-148, 1995.

BRASILEIRO, T. S. A. Autobiografia e formação docente em Rondônia: a busca de identidade profissional. 31ª Reunião Nacional da ANPEd, Caxambu - MG. Anais, 2008. Disponível em: http://www.anped.org.br/biblioteca/item/autobiografia-e-formacao-docente-em-rondonia-busca-de-uma-identidade-profissional

COSTA, E. O. C.; RAMOS, L. M. P. C. Trabalho, lugar e identidade profissional docente: um estudo de caso em Austin, Baixada Fluminense. Reunião Nacional da ANPEd, 35, 2012, Porto de Galinhas. Anais... Porto de Galinhas: 2012. Disponível em: <35reuniao.anped.org.br/trabalhos/108-gt08>. Acesso em: 08 out. 2015.

DUBAR, Claude. Socialisation et Construction Identitaire. In BORBALAN, J. C. R, (cood.), L Identité l? individu, le groupe, la societé. Paris: Sciences Humaines, 1997. p. 135? 141

DUBAR, Claude. A construção de si pela atividade de trabalho: a socialização profissional. Caderno de Pesquisa, v. 42, n.146, p. 351-367. Maio/ago. 2012.

ERIKSON, E. H. Identidade, juventude e crise. Tradução: Álvaro Cabral. 2.ed. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 323p, 1976.

GATTI, B. A. A construção metodológica da pesquisa em educação: desafios. RBPAE ? v. 28, n. 1, p. 13-34, jan/abr. 2012. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/rbpae/article/view/36066/23315

GENTIL, H. S. Identidades de professores e redes de significações: configurações que constituem o ? nós, professores? ?. 29ª Reunião Nacional da ANPEd, Caxambu - MG. Anais, 2006. Disponível em: http://www.anped.org.br/biblioteca/item/identidades-de-professores-e-redes-de-significacoes-configuracoes-que-constituem-o

HAESBAERT, Rogério. Identidade e migração em áreas transfronteiriças. Geographia, Revista do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFF, Ano III, Nº 5. Niterói: UFF/EGG, 2001.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro, DPeA Editora, 1997.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 1ª Edição, Rio de Janeiro, RJ. Editora Lamparina. 2014.

HERMANS, H.J.M.; HERMANS-KONOPKA, A. Dialogical self theory: positioning and counter-positioning in a globalizing society. New York: Cambridge University Press, 2010.

HUBERMAN, M. O Ciclo da Vida Profissional dos Professores. in: N? VOA, A. As Vidas de Professores. Porto: Porto Edi tora, pp. 31-61, 1992.

LAROCCA, P.; ROSSO, A. J.; SOUZA, P. A formulação dos objetivos de pesquisa na pós-graduação em Educação: uma discussão necessária. Revista Brasileira de Pós-Graduação. Brasília, DF, v. 2, n. 3. p. 118-133, mar. 2005. Disponível em: http://ojs.rbpg.capes.gov.br/index.php/rbpg/article/view/62/59

LIMA, T.; MIOTO, R. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Rev. Katálysis, Florianópolis, v. 10, n. spe, p. 37-45, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-49802007000300004%20&script=sci_arttext

LIPIANSKY, E. M. L? identité personnelle. in: BORBALAN, J.C.R. (coord.), L? identité, L? individu, le groupe, le société. Paris, Sci ences Humai nes, pp.21-29, 1998.

LOPES, Maria Amélia. Relatório da disciplina Construção de identidades e formação de professores ? Provas de Agregação. Porto: FPCE-UP. 2007.

MOTTA, F. M. N.; QUEIROZ, I. L. Do outro que me constitui: o PROINFANTIL e a construção da identidade docente. Reunião Nacional da ANPEd, 37, 2014, Florianópolis. Anais... Florianópolis: 2014. Disponível em: . Acesso em: 08 out. 2015.

N? VOA, A. Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

N? VOA, António. O passado e o presente dos professores. In: N? VOA, António (org.). Profissão Professor. Porto, Portugal: Porto Editora, 1999, p. 13-34.

OLIVEIRA, A. S. Autonomia e controle na construção da identidade profissional dos professores de um colégio militar. 31ª Reunião Nacional da ANPEd, Caxambu - MG. Anais, 2008. Disponível em: http://www.anped.org.br/sites/default/files/gt08-4195-int.pdf

PIMENTA, Selma Garrido (org.). Saberes Pedagógicos e Atividade Docente. São Paulo: Cortez, 2002.

ROCHA, Á. M. C.; AGUIAR, M. C. C. Aprender a ensinar, construir identidade e profissionalidade docente no contexto da universidade: uma realidade possível. Reunião Nacional da ANPEd, 35, 2012, Porto de Galinhas. Anais... Porto de Galinhas: 2012. Disponível em: <35reuniao.anped.org.br/trabalhos/108-gt08>. Acesso em: 15 out. 2018.

ROLD? O, M. C. Profissionalidade docente em análise: especificidades dos ensinos superior e não superior. Nuances: Estudos sobre educação. Ano XI, v. 12, n. 13, jan/dez, 2005, p. 105-126.

SAINSAULIEU, R. L? Identité ou Travail. Paris, Presses de la Fondation Nationale,

des Sciences Politiques, 2ªed, 1985.

SANTOS, M. O professor como intelectual na sociedade contemporânea. Anais do IX Encontro Nacional de didática e prática de ensino. São Paulo, 1998.

SANTOS, M. A Natureza do Espaço: Técnica E Tempo, Razão E Emoção. São Paulo: EDUSP. 2004.

SCARTEZINI, R. A. Formação de professores do ensino superior e identidade profissional docente. 38ª Reunião Nacional da ANPEd, São Luiz - MA. Anais, 2017. Disponível em: http://anais.anped.org.br/sites/default/files/arquivos/trabalho_38anped_2017_GT08_441.pdf

SLAVEZ, M. H. C. A identidade das professoras alfabetizadoras: entre as diferenças e o pertencimento comum. Reunião Nacional da ANPEd, 35, 2012, Porto de Galinhas. Anais... Porto de Galinhas: 2012. Disponível em: <35reuniao.anped.org.br/trabalhos/108-gt08>. Acesso em: 15 out. 2018.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2002.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O Trabalho Docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

TARDIF, M.; RAYMOND, D. Saberes, tempo e aprendizagem do trabalho no magistério. Educ. Soc. [online]. 2000, vol.21, n.73, pp.209-244. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/es/v21n73/4214.pdf

Downloads

Publicado

2020-09-07

Como Citar

SOUZA, G. A. de; ALMEIDA, E. C. S. de; SILVA, O. O. N. da. A (in)visibilidade conceitual da categoria . Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 13, n. 3, p. 28–42, 2020. DOI: 10.26843/v13.n3.2020.954.p28-42. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/ambienteeducacao/article/view/954. Acesso em: 18 jun. 2024.