Narrativas de jovens estudantes universitários: imagens e simbolismos

Autores

  • Iduína Mont? Alverne Chaves Universidade Federal Fluminense
  • Marcio Mori
  • Gilmar Oliveira da Silva

DOI:

https://doi.org/10.26843/v12.n2.2019.745.p241-262

Palavras-chave:

PESQUISA NARRATIVA, IMAGINÁRIO, SIMBOLISMOS.

Resumo

O objetivo deste estudo é o de apresentar como a pesquisa narrativa pode promover o autoconhecimento e a reflexão em estudantes universitários, favorecer a construção de um ambiente em que as relações docente-discente se estreitem e capturar os sentidos elaborados por eles ao narrarem a sua vida estudantil. Este estudo está ancorado no paradigma da complexidade, de Edgar Morin, nos estudos antropológicos do imaginário, de Gilbert Durand,  Hilmann, nas pesquisas de Christine Delory-Momberger, Bruner, Maria da Conceição Passeggi, Chaves, entre outros. Acreditamos que a pesquisa narrativa  pode promover o acolhimento e (des)vendar o universo simbólico do alunato, auxiliando no  saber sobre si e no estabelecimento de relações interpessoais mais benéficas. A pesquisa narrativa abre possibilidades de um diálogo estreito com a experiência viva, com a formação e com desenvolvimento pessoal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-04-30

Como Citar

CHAVES, I. M. . A.; MORI, M.; SILVA, G. O. da. Narrativas de jovens estudantes universitários: imagens e simbolismos. Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 12, n. 2, p. 241–262, 2019. DOI: 10.26843/v12.n2.2019.745.p241-262. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/ambienteeducacao/article/view/745. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático: Narrar a infância, narrar a juventude: educação, espaços, saúde e artes