Pesquisa-formação e histórias de vida de professoras brasileiras e portuguesas: reflexões sobre tessituras teórico-metodológicas

Autores

  • Inês Ferreira de Souza Bragança Universidade de ? vora-Portugal

DOI:

https://doi.org/10.26843/v2.n2.2009.552.p37%20-%2048

Palavras-chave:

História de vida, Pesquisa/formação, Formação docente.

Resumo

Resumo 

O presente trabalho mergulha na pesquisa

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARA? JO, Helena Costa. As pioneiras na educação: as professoras primárias na viragem do século: contextos, percursos e experiências, 1870-1933. Porto: Afrontamentos, Instituto de Inovação Educacional, 2000. ARENDT, Hannah. Entre o passado e o futuro. São Paulo: Perspectiva, 1972, p. 28-42. BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas: magia e técnica, arte e política. São Paulo Brasiliense, 1993. BOSI, Ecléa. Memória e sociedade: lembranças de velhos. São Paulo: Companhia das Letras, 1994. BRAGAN? A, Inês F. S. Fragmentos autobiográficos: memória e formação contínua de professores. Contexto & educação, Ijuí (RS): Ed. Unijuí, ano 16, n. 63, p. 107-118, jul./set. 2001. ______. Livro da vida. Lisboa, texto não publicado, 2005. ______. Memórias e práticas instituintes na escola. In: REUNI? O ANUAL DA ASSOCIA? ? O NACIONAL DE PESQUISA E P? S-GRADUA? ? O EM EDUCA? ? O, 26., 2000, Caxambu. Anais..., Caxambu, 2000. CAMPOS, Bártolo Paiva. Formação de professores em Portugal. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional, 1995. CATANI, D. B. et al. Docência, memória e gênero. São Paulo: Escrituras, 1997. COUCEIRO, Maria do Loreto Paiva. Experiência e autoformação. Braga: II Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Ciências da Educação: Investigação e Acção, v. II, 1995. CUNHA, Maria Isabel da. Conta-me agora!: as narrativas como alternativas pedagógicas na pesquisa e no ensino, 2001. Disponível em: . DOMINIC? , Pierre. Learning from Our Lives: Using Educational Biographies with Adults. San Francisco: Jossey-Bass, 2000. FERRAROTTI, Franco. Histoire et Histoires de Vie: La méthodo biographique dans les sciences sociales. 2. tirage. Paris: Méridiens Klincksieck, 1990. FRANCO, Maria Amélia Santoro. História de vida: uma abordagem emancipatória aliando pesquisa e formação de professor reflexivo. In: REUNI? O ANUAL DA ASSOCIA? ? O NACIONAL DE PESQUISA E P? S-GRADUA? ? O EM EDUCA? ? O, 23., 2000, Caxambu. Anais..., Caxambu, 2000. JOSSO, Marie-Christine. Cheminer avec: interrogations et défis posés par la recherche d´un art de la convivance en histoire de vie. In: PINEAU, Gaston (Ed.). In: Accompagnements et Histoire de Vie. Paris: L´Harmattan, 1998 ______. Cheminer vers soi. Suisse: Editions l´Age d´Homme, 1991. ______. Experiências de vida e formação. Lisboa: Educa, 2002. LINHARES, Célia F. S. Experiências Instituintes em Escolas Públicas: memórias e projetos para a formação de professores. Projeto de Pesquisa/CNPq. Rio de Janeiro: CNPq, 2000. ______. Relatório resumido. Relatório de Pesquisa/CNPq. Rio de Janeiro: CNPq, 2001. LINHARES, Célia Frazão; NUNES, Clarice. Trajetórias de magistério: memórias e lutas pela reinvenção da escola pública. Rio de Janeiro: Quartet, 2000. NICO, José Bravo. A abordagem biográfica. In: NICO, José Bravo. A relação pedagógica na universidade: ? ser-se caloiro? ?. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação)? Universidade de Lisboa, Lisboa, p. 90-115, 1995. NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. In: Revista de Pesquisa Histórica, São Paulo, n. 10, p. 1-178, dez. 1993. N? VOA, António. A formação contínua entre a pessoa-professor e a organização-escola. Inovação, v. 4, n. 1, p. 63-75, 1991. ______. Experiências de vida e formação. Prefácio Marie-Christine Josso. Lisboa: Educa, 2002. ______. O método (auto)biográfico na encruzilhada dos caminhos (e descaminhos) da formação dos adultos. CEEDC, Universidade do Minho. Revista Portuguesa de Educação, v. 1, n. 2, p. 7-20, 1988. ______ (Org.). Os professores e sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992a. ______ (Org.). Vidas de professores. Portugal: Porto Ed., 1992b. P? REZ, Carmen Lúcia Vidal. O lugar da memória e a memória do lugar na formação de professores: a reinvenção da escola como uma comunidade investigativa. In: REUNI? O ANUAL DA ASSOCIA? ? O NACIONAL DE PESQUISA E P? S-GRADUA? ? O EM EDUCA? ? O, 26, 2003, Caxambu. Anais..., Caxambu, 2003. PINEAU, Gaston; LE GRAND, Jean-Louis. Les Histoires de Vie. Paris: Presses Universitaires de France, 1993. PINEAU, Gaston; MICH? LE, Marie. Produire sa vie: autoformation et autobiographie. Paris: Editions Saint Martin, 1983. SOUSA, Cynthia P.; CATANI, Denice B.; SOUZA, Maria Cecília C. C.; BUENO, Belmira O. Memória e autobiografia: formação de mulheres e formação de professoras. Revista Brasileira de Educação, n. 2, p. 61-76, 1996. THOMSON, Alistair; FRISCH, Michael; HAMILTION, Paula. Os debates sobre memória e história: alguns aspectos internacionais. In: FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína (Org.). Usos e abusos da História oral. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1996. THOMPSON, Paul. A voz do passado. São Paulo: Paz e Terra, 1998.

Downloads

Publicado

2018-03-22

Como Citar

BRAGANÇA, I. F. de S. Pesquisa-formação e histórias de vida de professoras brasileiras e portuguesas: reflexões sobre tessituras teórico-metodológicas. Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 2, n. 2, p. 37–48, 2018. DOI: 10.26843/v2.n2.2009.552.p37 - 48. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/ambienteeducacao/article/view/552. Acesso em: 30 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos