Educação remota: reflexões acerca do ensino a distância em tempos de pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26843/v14.n2.2021.1128.p369-383

Palavras-chave:

Pandemia, COVID-19, Educação, EaD

Resumo

Em janeiro de 2020 houve o início de um surto de doença respiratória; em 11 de março, a pandemia COVID-19 atingia o mundo todo. Para contê-la, foi recomendado isolamento social. Desde então, escolas públicas no Brasil estão adotando o ensino remoto. O objetivo do trabalho é apresentar algumas reflexões acerca das possibilidades e dificuldades observadas no processo de ensino e aprendizagem do ensino remoto na pandemia do COVID-19. Para tanto, serão recrutadas referências bibliográficas da área da Educação para corroborar com as discussões aqui empreendidas. O Ensino a Distância já existia e diversas metodologias foram desenvolvidas, mas não voltadas especificamente para o Ensino Básico. Assim, observa-se que com a pandemia não houve aplicabilidade metodológica coletiva das boas práticas para o ensino remoto. Até o presente momento, maio de 2021, são três semestres letivos sem aulas presenciais regulares e ainda não há vacina para imunizar todos. No retorno presencial, espera-se dos docentes a retomada do conteúdo que deveria ter sido ensinado e aprendido pelos escolares em prazo recorde. Dessa forma, há que se debruçar acerca das práticas de ensino e aprendizagem no ensino remoto e das metodologias já discutidas e implementadas no EaD em outros níveis de ensino para que se (re)pense os acontecimentos educacionais no período de pandemia no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arielly Kizzy Cunha, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Bauru ? SP

Doutora em Mídia e Tecnologia, Faculdade de Arquitetura Artes e Comunicação (FAAC/UNESP) ? Brasil.

Alexander Vinícius Leite da Silva, Centro Universitário Sagrado Coração (UNISAGRADO), Bauru ? SP

Graduando em Letras ? Português e Inglês. Bolsista PIBID/CAPES.

Nathalie Duarte de Andrade Machado, Universidade Paulista (UNIP), São Paulo ? SP

Pedagoga. Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (FATEC SP). Tecnóloga em Análise de Sistemas. Professora Ensino Fundamental Prefeitura Praia Grande - SP.

Referências

BOLSONI, E. P. (Org.). O Sucesso da EAD Pelo olhar de quem faz. Maringá, PR: Linkania, 2015.

BONOTTO, R. et al. Oportunidades de aprendizagem com apoio da Comunicação Aumentativa e Alternativa em tempos de COVID-19. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. 4, p. 1730? 1749, 2020. DOI: 10.21723/riaee.v15i4.13945

BRASIL. Ministério da Educação, Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP n. 5/2020. Parecer Homologado Parcialmente. Cf. Despacho do Ministro. Diário Oficial da União: Seção 1, Brasília, DF, p. 32, 01 jun. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação a Distância. Referenciais de Qualidade para Educação Superior a Distância. Brasília, DF: MEC/SEED, 2007.

CARAM, N. R.; BIZELLI, J. L. Aspectos da regulação sobre o ensino a distância no Brasil. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, n. 17, 2017. DOI: 10.22633/rpge.v0i17.9367

CUNHA, A. K.; SANTOS CRUZ, J. A.; BIZELLI, J. L. A Gestão do Conhecimento e as expertizes desenvolvidas no Ensino Superior. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 21, n. esp. 1, p. 677? 690, 2017. DOI: 10.22633/rpge.v21.n.esp1.out.2017.10442

DUQUE, E.; DURÁN VÁZQUEZ, J. O novo paradigma da educação na promoção de uma sociedade mais inclusiva. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. 1, p. 27? 49, 2020. DOI: 10.21723/riaee.v15i1.12632

FUNDA? ? O LEMMAN. Maioria dos pais vê prejuízos na formação dos filhos em 2020. Disponível em: https://fundacaolemann.org.br/releases/maioria-dos-pais-ve-prejuizos-na-educacao-de-filhos-em-2020. Acesso em: 01 abr. 2021.

GALBARDI DE RESENDE, S.; FURLAN COSTA, M. L. Reforma do estado brasileiro e a expansão da educação a distância no Brasil (1996-2016). Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 23, n. 1, p. 31? 48, 2019. DOI: 10.22633/rpge.v23i1.11503

GARCIA, M. F.; SILVA, D.; RIEDO, C. R. F. Formação de professores a distância: o que pensam os tutores? Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 10, n. 1, p. 67? 82, 2015. DOI: 10.21723/riaee.v10i1.7151

GERALDI, L. M. A.; BIZELLI, J. L. Tecnologias da informação e comunicação na educação: conceitos e definições. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, n. 18, p. 115-136, 2017. DOI: 10.22633/rpge.v0i18.9379

KENSKI, V. M. Tecnologias e ensino presencial e a distância. São Paulo, SP: Papirus, 2008.

LAGO, N. C. et al. Ensino remoto emergencial: investigação dos fatores de aprendizado na educação superior. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 2, p. 391? 406, 2021. DOI: 10.21723/riaee.v16i2.14439

LEMES, S. S.; SANTOS CRUZ, J. A. Editorial, v. 24, n. 2, maio/ago. 2020: [...] Em tempos de pandemia. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 24, n. 2, p. 294? 296, 2020. DOI: 10.22633/rpge.v24i2.13767

LEVY, P. Cibercultura. São Paulo, SP: Ed. 34,1999.

MALGANOVA, I. G.; DOKHKILGOVA, D. M.; SARALINOVA, D. S. A transformação do sistema educacional durante e pós COVID-19. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 25, n. esp.1, p. 589? 599, 2021. DOI: 10.22633/rpge.v25iesp.1.14999

MORAN, J. M. A Educação que Desejamos: novos desafios e como chegar lá. 5. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.

NISKIER, A. Fundamentos da Educação a Distância. In: NISKIER, A. Educação à distância: A tecnologia da esperança. São Paulo, SP: Edições Loyola, 1999. p. 49-75.

OLIVEIRA, B. R. et al. Implementação da educação remota em tempos de pandemia: análise da experiência do Estado de Minas Gerais. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 1, p. 84? 106, 2021. DOI: 10.21723/riaee.v16i1.13928

PIAGET, J. A psicologia da criança. São Paulo, SP: DIFEL, 1968.

ROCHA, E. M.; LIMA, J. M. S. Impactos e desafios do ensino on-line decorrentes da pandemia COVID-19. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 2, p. 377? 390, 2021. DOI: 10.21723/riaee.v16i2.14526

SERRES, M. A polegarzinha. Rio de Janeiro, RJ: Bertrand Brasil, 2013.

SILVA, J.; GOULART, I. C. V.; CABRAL, G. R. Ensino remoto na educação superior: impactos na formação inicial docente. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 2, p. 407? 423, 2021. DOI: 10.21723/riaee.v16i2.14238

WENCZENOVICZ, T. J. Ensino a distância, dificuldades presenciais: perspectivas em tempos de COVID-19. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 15, n. 4, p. 1750? 1768, 2020. DOI: 10.21723/riaee.v15i4.13761

Publicado

2021-12-15

Como Citar

CUNHA, A. K.; LEITE DA SILVA, A. V.; MACHADO, N. D. de A. Educação remota: reflexões acerca do ensino a distância em tempos de pandemia. Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 14, n. 2, p. 369–383, 2021. DOI: 10.26843/v14.n2.2021.1128.p369-383. Disponível em: https://publicacoes.unicid.edu.br/ambienteeducacao/article/view/1128. Acesso em: 27 maio. 2024.