Clareadores dentários contemporâneos: tópicos

Luciano Bonatelli Bispo

Resumo

A evolução dos materiais e técnicas estéticas culminou com a introdução do clareamento dentário como um dos procedimentos mais utilizados pelo clínico no consultório odontológico. Conhecer os mecanismos químicos envolvidos e as diversas técnicas de uso é fundamental para a obtenção de resultados previsíveis. O objetivo dessa revisão foi discorrer sobre os avanços e empecilhos do clareamento dentário, buscando-se ênfase na química dos agentes clareadores para melhor entendimento das indicações, prognóstico e longevidade dos resultados alcançados. Foi feita seleção de artigos através das bases eletrônicas LILACS e PubMed/ MEDLINE usando-se os termos de indexação: clareamento dentário, dentes clareados, peróxido de hidrogênio, peróxido de carbamida, dessensibilizantes, estética dentária e clareadores dentários, entre os anos de 2008 e 2017. A Era da Odontologia Minimamente Invasiva utiliza técnicas terapêuticas extremamente eficientes, de baixo custo e com uma curva de aprendizagem profissional muito curta. O clareamento dentário é uma forma simples, rápida e acessível à maioria dos pacientes que buscam o consultório odontológico para harmonizar o sorriso contornando manchamentos intrínsecos e extrínsecos. Técnicas conhecidas como Power Bleaching, Walking Bleaching, Dental Whitening Strips, Office Bleaching, Nightguard Vital Bleaching, entre outras, são utilizadas com ou sem ativação por uma fonte de luz externa. Concluiu-se que uma menor concentração do agente clareador, aplicado em um período de tempo estendido, é opção mais confiável, quando se conhece o processo químico dos clareadores empregados nessa terapêutica

Palavras-chave

Clareamento dental ; Clareadores dentários ; Estética dentária

Texto completo:

PDF

Referências

Dwinelle WW. Ninth annual meeting of american society of dental surgeons. Article X. Am J Dent Sci 1850 1850;1(57-61. 2. CHAPPLE JA. Restorating discolored teeth to normal. Dent Cosmos 1877 19(1):499. 3. TAFT J. Bleaching teeth. Am J Dent Sci 1879 12(1):364. 4. ATCKINSON CB. Atckinson´s method of bleaching teeth. Dent Cosmos 1879 21(1):471. 5. HARLAN AW. The removal of stains from the teeth caused by the administration of medicinal agents and the bleaching of pulpless teeth. J American Medical Association 1885 IV(5):123-5. 6. ABBOT CH. Bleaching discolored teeth by means of 30% perydrol and the eletric lightrays. J Allied Dent Soc 1918 13(1):259. 7. PRINZ H. Recent improvements in tooth bleaching: a clinical syllabus. Dental Cosmos 1924 66(1):558-60. 8. AMES JW. Removing stains from mottled Enamel. J American Dental Association Dental Cosmos 1937 24(10):1674-7. 9. NUTTING EB, Poe GS. A new combination for bleaching teeth. J So Calif Dent Assoc 1963 set.;31(9):289-91. 10. STEWART GG. Bleaching discolored pulpless teeth. J Am Dent Assoc 1965 70(2):325-8. 11. GOLDSTEIN RE. Complete dental bleaching. Chicago: Quintessence; 1995. 12. LI Y. Tooth bleaching using peroxide-containing agents: current status of safety issues. Compendium of continuing education in dentistry (Jamesburg, NJ : 1995) 1998 Aug;19(8):783-6, 8, 90, passim; quiz 96. 13. HAYWOOD VB, Heymann HO. Nightguard vital bleaching. Quintessence international (Berlin, Germany : 1985) 1989 Mar;20(3):173-6. 14. GERLACH RW, Gibb RD, Sagel PA. A randomized clinical trial comparing a novel 5.3% hydrogen peroxide whitening strip to 10%, 15%, and 20% carbamide peroxide tray-basedbleaching systems. Compendium of continuing education in dentistry (Jamesburg, NJ: 1995) Supplement 2000 29):S22-8; quiz S42-3. 15. BISPO LB. Clareamento dentário: uma nova perspectiva. Rev Bras Odontol 2008 jul./ dez.;65(2):263-7. 16. ANVISA. Resolução RDC nº 175, de 08 de julho de 2003: regulamento técnico de avaliação de matérias macroscópicas e microscópicas prejudiciais à saúde humana em alimentos embalados. Brasília: Ministério da Saúde; 2003 [Acesso em: 25 jun. 2018]; Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33916/394219/RDC_175_2003.pdf/3d4f8758-0582-4510-9043-335fd4389380. 17. VICTOR D. Sorriso de farmácia: governo reúne dentistas e indústria para propor regras ao comércio de clareadores, à venda até na internet. Jornal O Globo 2013 Caderno Saúde(1):44. 18. RAMOS AB, Monnerat AF, Perez CR. Avaliação da eficácia das fitas para clareamento dental. Rev Bras Odontol 2014 jul./dez.;71(2):198-02. 19. SOARES FF, Sousa JAC, Maia CC, Fontes CM, Cunha LG, Freitas AP. Clareamento em dentes vitais: uma revisão literária. Rev SaúdeCom 2008 4(1):72-84. 20. HUCK C, Hebling J, Soares DG, Campos EA, Scheffel DLS, Costa CAS. Efeito citotóxico de géis clareadores com diferentes concentrações de peróxido de hidrogênio aplicados diretamente sobre a dentina. Rev Bras Odontol 2016 25(72):88-93. 21. BARBOSA DC, Stefani TP, Ceretta LB, Ceretta RA, Simões PW, D’altoé LF. Estudo comparativo entre as técnicas de clareamento dental em consultório e clareamento dental caseiro supervisionado em dentes vitais: uma revisão de literatura. Rev Odontol Univ Cid São Paulo 2015 set./dez.;27(3):244-52. 22. PEGORARO CACC, Oliveira NA, Diniz LSM, Svizero NR, D’alpino PHP. Influência dos agentes clareadores na resistência adesiva de restaurações com compósitos aos tecidos dentários: momento atual. Rev Dent on line 2011 10(20):11-8. 23. FAUSTO HVC, Almeida ES, Aras WMF. Clareamento dental: com ou sem fotoativação? Rev odontol Univ Cid São Paulo (Online) 2014 maio-ago.;26(2):150-4. 24. CARVALHO EM, Silva AS, Costa JF, Firoozmand LM, Silva BMAH, Lago ADN. Uso da luz no clareamento dental em consultório: há controvérsias? Rev Pesq Saúde 215 jan./ abr.;16(1):189-93. 25. PUPO YM, Escobar CGN, Hilgenberg SP, Verde FV, Gomes OMM, Gomes JC. Efeito de agentes clareadores de uso caseiro na rugosidade superficial de resinas compostas: microhíbrida X nanohíbrida. Rev Dent on line 2011 10(20):45-9. 26. BECKER AB, Costa SXS, Rastelli ANS, Andrade MF, Bagnato VS, Bier CAS. Influência dos agentes clareadores na microdureza de resina composta nanoparticulada. Rev Gaúcha Odontol 2009 jan./mar.;57(1):27-31. 27. PAULA EA, Nava JA, Rosso C, Benazzi CM, Fernandes KT, Kossatz S, et al. In-office bleaching with a two- and seven-day intervals between clinical sessions: A randomized clinical trial on tooth sensitivity. Journal of dentistry 2015 Apr;43(4):424-9. 28. AYRES APA, Berger SB, Carvalho AO, Giannini M. Efeito do peróxido de hidrogênio na permeabilidade dental. Rev Bras Odontol 2016 abr./jun.;73(2):96-100. 29. GOMES CS, Noronha Filho JD, Penelas AG, Fonseca PSG. Avaliação de hipersensibilidade dentinária em função do procedimento clareador: revisão de literatura. Rev Bras Odontol 2014 jul./dez. ;71(2):194-7.


Visualizações do PDF:

18 views


Visualizações do Resumo:

14 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
-->
Tema: Mpg. Customizado por: Articloud