Estudo epidemiológico das lesões bucais no período de 05 anos

Dulce Helena Cabelho Passarelli Passarelli, Bruno Nifossi Prado, Shirley Trevisan

Resumo

Introdução: Os estudos epidemiológicos perfazem uma grande área da pesquisa desempenhando um importante papel, pois revelam a prevalência de inúmeras doenças, e particularizam a sua distribuição dentro de características próprias do ambiente onde estão sendo executados. Métodos: Este estudo tem como o principal objetivo avaliar os prontuários dos pacientes da disciplina de Semiologia da Universidade Cidade de São Paulo entre os anos de 2003 a 2008, avaliando as informações referentes à ocorrência das lesões; isoladamente e por grupos de classificação; características como: idade, gênero, etnia; tipo de biópsia e diagnóstico histopatológico.Conclusões: Entre as lesões diagnosticadas através de anátomo-patológico, a hiperplasia fibrosa inflamatória ocorreu com mais frequência e o gênero mais acometido foi feminino entre a 5ª e 6ª década.

Palavras-chave

Epidemiologia;Diagnóstico bucal; Estomatologia.

Texto completo:

PDF

Referências

Boraks S. Diagnóstico Bucal. 3ª ed. São Paulo: Artes Médicas; 2001.

Almeida OP, Silva CRV, Saiki P. Levantamento das lesões bucais. RGO (Porto Alegre). 1987 nov/dez; 35(6): 471-3.

Gomez RS, Figueiredo FP, Capistrano HM, Loyola AM. Levantamento das biópsias bucais realizadas na Faculdade de Odontologia da UFMG. Arq Centro Estud Curso Odontol 1992 jul-dez; 29(2): 105-13.

Loureiro MS, Duarte R, Figueiredo MAZ, Lorandi CS, Yurgel LS. Levantamento epidemiológico dos diagnósticos histopatológicos de um laboratório de patologia bucomaxilofacial em um período de 18 anos. Rev Odonto Ciênc. 1997 dez; 12(24): 117-30.

Furlong MA, Fanburg-Smith JC, Childers EL. Lipoma of the oral and maxillofacial region: site and subclassification of 125 cases. Oral Surg Oral Med Oral Pathol Oral Radiol Endod. 2004 Oct; 98(4): 441-50. 6.Colussi CF, Freitas SFT. Aspectos epidemiológicos da saúde bucal do idoso no Brasil. Cad Saúde Pública. 2002 set-out; 18(5): 1313-20

Marin HJI, Silveira MMF, Souza GFM, Pereira JRD. Lesões bucais: concordância diagnóstica na Faculdade de Odontologia de Pernambuco. Odontol Clín-Cient 2007 out-dez; 6(4): 315-18.

Izidoro FA, Izidoro ACSA, Semprebom AM, Stramandinoli RT, Ávila LFC. Estudo epidemiológico de lesões bucais no ambulatório de estomatologia do hospital geral de Curitiba. Rev Dens. 2007 nov-dez; 15(2): 99.

Al-Khateeb T, Ababned K. Oral pyogenic granuloma in Jordanians: a retrospective analysis of 108 cases. J Oral Maxillofac Surg 2003 Nov: 61 (11); 1285-88.

Zarei MR, Chamani G, Amanpoor S. Reactive hyperplasia of the oral cavity in Kerman province, Iran: a review of 172 cases. Br J Oral Maxillofal Surg. 2007 Jun; 45(4):288-92.

Al-Khateeb TH. Benign oral masses in a northern Jordanian population- a retrospective study. Open Dent J 2009; 28(3): 147-53.

Saravana GH. Oral pyogenic granuloma: a review of 137 cases. Br J Oral Maxillofac Surg. 2009 jun; 47(4): 318-19.

Moresco FC, Nora Filho MR, Balbinot MA. Levantamento epidemiológico dos diagnósticos histopatológicos da disciplina de estomatologia da faculdade de odontologia da ULBRA-Canoas/RS. Stomatos. 2003; 9(1): 29-34.

Rocha DAP, Oliveira LMM, Souza LB. Neoplasias benignas da cavidade oral: estudo epidemiológico de 21 anos (1982 a 1002). Rev Odontol UNICID. 2006; 18(1): 53- 60.

Neville BW, Damm DD, Allen CM, Bouquot JE. Patologia oral & maxilofacial. 1ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 1998.

.Bermejo A, Aguirre JM, Lopez P, Saez MR. Superficial Mucocele: report of 4 cases. Oral Surg Oral Med Oral Pathol Oral Radiol Endod. 1999 Oct; 88(4): 469-72


Visualizações do PDF:

673 views


Visualizações do Resumo:

1539 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
-->
Tema: Mpg. Customizado por: Articloud