Abordagem da erosão dentária na clínica odontopediátrica: relato de casos

Camila Leite Fontes, Luanda Cristina de Oliveira Luciano, Meire Coelho Ferreira, Marco Aurélio Benini Paschoal

Resumo

A erosão dentária em crianças e adolescentes está cada vez mais presente devido a mudanças no estilo de vida das pessoas, havendo um crescente aumento de sua prevalência nos dias atuais. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi relatar três casos clínicos de pacientes infantis com presença de erosão dentária associada ao consumo excessivo de bebidas ácidas. Para os pacientes e pais/responsáveis foi fornecido um questionário contendo perguntas relacionadas à condição estudada. Para todos os pacientes, realizou-se limpeza dos dentes com escova de Robson e pasta profilática. Após secagem, os elementos dentários foram submetidos à identificação dos sinais clínicos da erosão e classificados quanto à severidade, usando-se o escore de BEWE. Os pacientes foram identificados com graus 1 e 2 de erosão dentária. Após essa identificação, foram submetidos a aplicação semanal de verniz de flúor durante quatro semanas consecutivas. O questionário aplicado demonstrou que os pacientes faziam uso frequente de refrigerantes do tipo cola e suco de frutas como laranja, maracujá e acerola. Os pacientes, assim como os responsáveis, foram orientados quanto à erosão dentária e adoção de medidas para o impedimento de sua progressão. Conclui-se que é fundamental esclarecer os pacientes sobre as causas e consequências do desgaste erosivo, visando a preservação da estrutura dentária ainda em estágio precoce.

Palavras-chave

Erosão dentária; Odontopediatria; Diagnóstico; Tratamento.

Texto completo:

PDF

Referências

Lussi A, Jaeggi T. Erosion. diagnosis and risk factors. Clinical oral investigations. 2008;12 Suppl 1:S5-13.

Branco CA, Valdivia A, Soares P, Fonseca R, Fernandes Neto A, Soares C. Dental erosion: diagnosis and treatment options. Rev Odontol UNESP. 2008;37(3):235-42.

Brasil, Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas. II pesquisa de prevalência de aleitamento materno nas capitais brasileiras e Distrito Federal, Brasília, Ministério da Saúde; 2009.

Crisci P, Moura A, Alencar C. Erosão dentária em crianças ansiosas: relato de caso clínico. J Health Sci Inst. 2014;32(1):86-9.

Lussi A, Jaeggi T, Zero D. The role of diet in the aetiology of dental erosion. Caries research. 2004;38 Suppl 1:34- 44.

Gregg T, Mace S, West NX, Addy M. A study in vitro of the abrasive effect of the tongue on enamel and dentine softened by acid erosion. Caries research. 2004;38(6):557-60.

Comar LP, Salomão PMA, de Souza BM, Magalhães AC. Dental erosion: an overview on definition, prevalence, diagnosis and therapy. Brazilian Dental Science. 2013;16(1):6-17.

Rios D, Magalhaes AC, Honorio HM, Buzalaf MA, Lauris JR, Machado MA. The prevalence of deciduous tooth wear in six-year-old children and its relationship with potential explanatory factors. Oral health & preventive dentistry. 2007;5(3):167-71.

Ushida CE, Cury JA. Estudo in situ do efeito da frequência de ingestão de Coca-Cola na erosão do esmalte-dentina e reversão pela saliva. Revista de Odontologia da Universidade de São Paulo. 1999;13(2):127-34.

Linnett V, Seow WK. Dental erosion in children: a literature review. Pediatric dentistry. 2001;23(1):37-43.

Kreulen CM, Van ‘t Spijker A, Rodriguez JM, Bronkhorst EM, Creugers NH, Bartlett DW. Systematic review of the prevalence of tooth wear in children and adolescents. Caries research. 2010;44(2):151-9.

Milosevic A, Young PJ, Lennon MA. The prevalence of tooth wear in 14-year-old school children in Liverpool. Community dental health. 1994;11(2):83-6.

Millward A, Shaw L, Smith A. Dental erosion in four-year-old children from differing socioeconomic backgrounds. ASDC journal of dentistry for children. 1994;61(4):263-6.

Ministério da Saúde, Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Pesquisa de orçamentos familiares 2002-2003: primeiros resultados: Brasil e grandes regiões Rio de Janeiro: IBGE; 2004. Available from: http:// biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv4472.pdf.

Corrêa FNP, Murakami C, Carvalho TS, Corrêa MSNP. Diagnóstico, prevenção e tratamento clínico da erosão dentária. Rev Assoc Paul Cir Dent. 2011;65(1):12-9.

Lussi A, Ganss C. Erosive tooth wear: Monogr Oral Sci. Basel; 2014.

Brusius CD. Erosão dentária em adolescentes de Porto Alegre, RS [Dissertação]: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia, 2013.

Magalhães A, Rios D, Buzalaf M. Influência dos fluoretos na prevenção de lesões erosivas. In: Buzalaf M, editor. Fluoretos e saúde bucal. 2 ed. São Paulo: Santos; 2008. Fontes CL Luciano COL Ferreira MC Paschoal MAB Abordagem da erosão dentária na clínica odontopediátrica: relato de casos •• 269 •• Rev. Odontol. Univ. Cid. São Paulo 2016; 28(3): 262- 9, set-dez ISSN

Cury JA. Uso do flúor e controle da cá- rie como doença. In: Baratieri L, editor. Odontologia Restauradora: fundamentos e possibilidades. São Paulo: Santos, 2001. p. 31-68.

Ministério da Saúde. Guia de recomendações para o uso de fluoretos no Brasil Brasília: Ministério da Saúde; 2009. Available from: http://cfo.org. br/wp-content/uploads/2010/02/livro_ guia_fluoretos.pdf.

Messias DCF, Serra MC, Turssi CP. Estratégias para prevenção e controle da erosão dental. RGO Revista Gaúcha de Odontologia (On-line). 2011;59:07- 13.

Sorvari R, Meurman JH, Alakuijala P, Frank RM. Effect of fluoride varnish and solution on enamel erosion in vitro. Caries research. 1994;28(4):227- 32.

Lussi A, Megert B, Eggenberger D, Jaeggi T. Impact of different toothpastes on the prevention of erosion. Caries research. 2008;42(1):62-7.


Visualizações do PDF:

428 views


Visualizações do Resumo:

802 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
-->
Tema: Mpg. Customizado por: Articloud