Prevalência de maloclusão em crianças de 05 anos de idade em um município catarinense

Caroline Teza Vilain, Letícia - Mendes, Priscyla Waleska Simões, Patricia Just de Jesus Vanni, Luciane Bisognin Ceretta, Renan Antonio Ceretta, Patricia Duarte Simões Pires, Sinara - Gazola, Fernanda Guglielmi Faustini Sonego

Resumo

Introdução: A maloclusão é atualmente um dos maiores problemas de saúde bucal, sendo superada apenas pelas doenças cárie e periodontal. Objetivo: Analisar a prevalência da maloclusão em escolares, de cinco anos de idade, em um município catarinense. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal de análise descritiva. Foi desenvolvido em cinco distritos de Criciúma (Centro, Santa Luzia, Próspera, Rio Maina e Quarta Linha) no período de fevereiro a abril de 2016. Foi aplicado um questionário semiestruturado aos pais e examinada a oclusão de seus filhos, totalizando a participação de 100 crianças. Resultados: No exame 50% das crianças necessitam algum tipo de intervenção ortodôntica nessa fase. As meninas apresentaram mais maloclusão (58%). A sobressaliência foi a mais prevalente e 100% das crianças que a apresentaram necessitam de intervenção ortodôntica. As crianças que não apresentaram sobressaliência (32,4%) também necessitam de intervenção, por outra maloclusão, associação estatisticamente significativa (p<0,001). Os pais possuem o ensino médio completo (40,2%), e renda mensal de 3 a 5 salários mínimos (46,7%). Conclusão: A maloclusão predominante foi a sobressaliência, seguida do apinhamento dental. Grande parte das crianças examinadas requer algum tipo de intervenção ortodôntica. São importantes a criação de políticas públicas e a implantação desse serviço pelo município em estudo, pois, com a intervenção ortodôntica precoce, melhores serão o prognóstico e o impacto na qualidade de vida dessas crianças.

Palavras-chave

Prevalência;Má oclusão;Odontopediatria;Ortodontia.

Texto completo:

PDF

Referências

Antunes JLF, Peres MA, Mello TRC. Determinantes individuais e contextuais da necessidade de tratamento odontológico na dentição decídua no Brasil. Ciênc saúde coletiva 2006 mar;11(1):79-87.

Borges CM, Peres MA, Peres KG. Associação entre presença de oclusopatias e insatisfação com a aparência dos dentes e gengivas: estudo com adolescentes brasileiros. Rev bras epidemiol 2010 dez;13(4):713-23.

Brasil. Ministério Da Saúde. Diretrizes da política nacional de saúde bucal. Brasilia: Ministério da saúde; 2004.

Dias PF, Gleiser R. O índice de necessidade de tratamento ortodôntico como um método de avaliação em saúde pública. Rev Dent Press Ortodon Ortop Facial 2008 fev;13(1):74- 81.

Souki BQ, Pimenta GB, Souki MQ, Franco LP, Becker HM, Pinto JA. Prevalence of malocclusion among mouth breathing children: do expectations meet reality? International journal of pediatric otorhinolaryngology 2009 May;73(5):767-73.

Tomita NE, Bijella VT, Franco LJ. Rela- ção entre hábitos bucais e má oclusão em pré-escolares. Rev Saúde Pública 2000 jun;34(3):299-303.

Brasil. Ministério Da Saúde. Secretaria De Vigilância À Saúde. Projeto SBBrasil 2010: manual de calibração de examinadores. Brasília: Ministério da Saúde; 2009 [Acesso em: 22 mai. 2016]; Disponível em: http://dab.saude.gov.br/CNSB/sbbrasil/arquivos/SBBrasil2010_Manual_Calibracao.pdf.

Brasil. Ministério Da Saúde. Secretaria De Atenção À Saúde. Departamento De Atenção Básica. Coordenação Geral De Saúde Bucal. Portaria n.718: nota técnica. Brasília: Ministério da Saúde; 2010 [Acesso em: 22 mai. 2016]; Disponível em: http://bvsms. saude.gov.br/bvs/saudelegis/sas/2010/ prt0718_20_12_2010.html.

Araújo MR. Estudo sobre a aplicabilidade de um exame padrão para atendimento ortodôntico no âmbito do SUS. [Dissertação]. Centro de Ciências da Saúde, Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina; 2012.

Ibge. Instituto Brasileiro De Geografia E Estatística. Infográficos: dados gerais do município. 2016 [Acesso em: 22 mai. 2016]; Disponível em: http:// www.ibge.gov.br/home/.

Brasil. Ministério Da Saúde. Projeto SB Brasil 2010: esultados principais. 2011 [Acesso em: 22 mai. 2016]; Disponível em: http://dab.saude.gov. br/CNSB/sbbrasil/arquivos/projeto_ sb2010_relatorio_final.pdf.

Organização Mundial Da Saúde. Levantamentos básicos em saúde bucal. 4. ed. São Paulo: Santos; 1999.

Kaieda AK. Índices de má oclusão utilizados em estudos epidemiológicos: revisão de literatura. [Monografia de Especialização]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas; 2013.

Brasil. Ministério Da Saúde. SIGTAP - Sistema de Gerenciamento da Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS. 2016 [Acesso em: 22 mai. 2016]; Disponível em: http://sigtap.datasus.gov.br.

Bhayya DP, Shyagali TR, Dixit UB, Shivaprakash. Study of occlusal characteristics of primary dentition and the prevalence of maloclusion in 4 to 6 years old children in India. Dental Research Journal 2012 9(5):619-23.

Emmerich A, Fonseca L, Elias AM, Medeiros UV. Relação entre hábitos bucais, alterações oronasofaringianas e mal-oclusões em pré-escolares de Vitória, Espírito Santo, Brasil. Cad Saúde Pública 2004 jun;20(3):689-97.

Leôncio LL, Furtado KKFA, Chacon LD, Nóbrega CBC, Costa LED, Queiroz FS. Prevalência de má-oclusão em crian- ças de cinco anos de idade do município de Patos, PB. Arq Odontol, Belo Horizonte 2015 jan-mar; 51(1):25-31.

Massuia JM, Carvalho WO, Matsuo T. Má oclusão, hábitos bucais e aleitamento materno: estudo de base populacional em um município de pequeno porte Pesqui bras odontopediatria clín integr 2012 mar;11(3):

Heimer MV, Katz CR, Rosenblatt A. Anterior open bite: a case-control study. International journal of paediatric dentistry 2010 Jan;20(1):59-64.

Lochib S, Indushekar KR, Saraf BG, Sheoran N, Sardana D. Occlusal characteristics and prevalence of associated dental anomalies in the primary dentition. Journal of epidemiology and global health 2015 Jun;5(2):151-7.

Chen X, Xia B, Ge L. Effects of breast- -feeding duration, bottle-feeding duration and non-nutritive sucking habits on the occlusal characteristics of primary dentition. BMC pediatrics 2015 Apr 21;15(46.

Guedes Pinto AC, Bönecker M, Rodrigues CRMS. Odontopediatria: fundamentos de odontologia São Paulo: Santos; 2010.

Amary ICM, Rossi LAF, Yumoto VA, Assencio-Ferreira VJ, Marchesan IQ. Hábitos deletérios: alterações de oclusão. Rev CEFAC 2002 4(1):123-6.

Guzzo SC, Finkler M, Reibnitz Junior C, Reibnitz MT. [Preventive and interceptive orthodontics in the primary health care network of the Brazilian Unified Health System: the viewpoint of the dental surgeons of Florianopolis City Hall]. Cien Saude Colet 2014 Feb;19(2):449-60.

Raitz R, Saber M, Jesus HB. Tratamento ortodôntico da mordida aberta anterior causada por hábitos deletérios. Rev Bras Cienc Saúde 2010 8(25):48- 55.

Keski-Nisula K, Lehto R, Lusa V, Keski- -Nisula L, Varrela J. Occurrence of malocclusion and need of orthodontic treatment in early mixed dentition. American journal of orthodontics and dentofacial orthopedics : official publication of the American Association of Orthodontists, its constituent societies, and the American Board of Orthodontics 2003 Dec;124(6):631-8.

Carvalho JC, Vinker F, Declerck D. Malocclusion, dental injuries and dental anomalies in the primary dentition of Belgian children. International journal of paediatric dentistry 1998 Jun;8(2):137-41.

Normando TS, Barroso RFF, Normando D. Influence of the socioeconomic status on the prevalence of malocclusion in the primary dentition. Dental Press J Orthod 2015 fev;20(1):74-8.

Martins JCR, Sinimbu CMB, Dinelli TCS, Martins LP, Raveli DB. Prevalência de má oclusão em pré-escolares de Araraquara: relação da dentição decí- dua com hábitos e nível sócio econô- mico. Rev dent press ortodon ortoped facial 1998 nov-dez;3(6):35-43.

Prabhakar RR, Saravanan R, Karthikeyan MK, Vishnuchandran C, Sudeepthi. Prevalence of Malocclusion and Need for Early Orthodontic Treatment in Children. J Clin Diagn Resv 2014 8(5):ZC60-ZC1.

Brasil. Ministério Da Saúde. DataSUS - Sistema de informação ambulatorial. 2016 [Acesso em: 22 mai. 2016]; Disponível em: http://tabnet.datasus.gov. br/cgi/tabcgi.exe?sia/cnv/qasc.def.


Visualizações do PDF:

114 views


Visualizações do Resumo:

527 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
-->
Tema: Mpg. Customizado por: Articloud