Espaço Europeu De Ensino Superior (EEES): instrumento de regulação na gestão das instituições de educação superior brasileiras?

Egeslaine de Nez, Antonio Bosco de Lima

Resumo

Resumo

Este artigo tem como objetivo identificar se o Espaço Europeu do Ensino Superior (EEES), intitulado inicialmente como Processo de Bolonha, é reconhecido como um movimento regulatório que influencia a gestão de universidades no Brasil. O procedimento metodológico parte de um estado da arte/estado de conhecimento dos documentos que compõem o Processo, assim como sobre o tema da regulação e contempla a análise de conteúdo. A abordagem analítica dos dados é qualitativa. A relevância científica desta investigação relaciona-se diretamente com o fato de, apesar da existência de vários estudos dedicados ao EEES, poucos deles estão no âmbito desta discussão que tem como um dos principais focos descritivos a regulação transnacional. Considera-se, finalmente, que se verifica uma complexa relação de entrelaçamento entre a regulação transnacional e as políticas públicas educacionais contemporâneas que se articulam dinamicamente e servem como aporte para algumas ações das instituições brasileiras.

Palavras-chave: Educação Superior;Gestão;Regulação.

ESPAÇO EUROPEU DE ENSINO SUPERIOR (EEES): REGULATION INSTRUMENT IN THE MANAGEMENT OF BRAZILIAN SUPERIOR EDUCATION INSTITUTIONS? 

Abstract

This article aims to identify whether the Espaço Europeu do Ensino Superior (EEES), initially named as Processo de Bolonha (Bologna Process), is acknowledged as a regulatory movement that influences the university management in Brazil. The methodological procedure starts as a state of the art/ state of knowledge of documents that comprise the Process, and on regulation theme as well and contemplates a content analysis. The analytical approach is qualitative. The scientific relevance of this investigation relates directly to the fact that in spite of many studies devoted to the EEES, few of them are included in the context of this discussion that has the transnational regulation as one of its main focus. Finally one considers that a complex interlacement relationship is observed between the transnational regulation and the contemporary public educational policies that dynamically articulate and serve as a contribution to given actions from Brazilian institutions.

Key words: Superior Education;Management; Regulation.

Palavras-chave

Educação Superior ; Gestão ; Regulação.

Texto completo:

PDF

Referências

BARROSO, J. (org.). A regulação das políticas públicas de educação: espaços, dinâmicas e actores. Lisboa: Educa/Unidade de I&D de Ciências da Educação, 2006. BASTOS, C. C. B. C. O Processo de Bolonha no espaço europeu e a reforma universitária brasileira. In Educação temática digital. Brasília, p. 95-106, jan. 2008. BORON, A. A. Estado, capitalismo e democracia na América Latina. São Paulo: Paz e Terra, 1991. BRASIL. Diretrizes gerais do decreto n. 6096 REUNI: Reestruturação e expansão das universidades federais. 2007. Disponível em: Acesso em: 19 fev. 2012. ______. Edital n. 4/97. Disponível em: . Acesso em: 14 jul. 2014a. ______. Fundo de financiamento estudantil (FIES). Disponível em: http://sisfiesportal.mec.gov.br/leis.html. Acesso em: 15 fev. 2009. ______. Lei n. 13.005/2014 que aprova o Plano Nacional de Educação (PNE). Disponível em: http://www.planalto.gov. br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/ L13005.htm. Acesso em: 15 jul. 2014b. ______. Programa universidade para todos (ProUni). Disponível em: http://prouni-inscricao.mec.gov.br/prouni/. Acesso em: 25 out. 2008. CABRITO, B. Políticas de regulação e mudanças recentes no ensino superior em Portugal. In CABRAL NETO, A.; NASCIMENTO, I. V.; CHAVES, Vera Jacob (Org.). Política de expansão da educação superior no Brasil: democratização às avessas. São Paulo: Xamã, 2011. CIÊNCIA sem fronteiras. Decreto n. 7.642, de 13 de dezembro de 2011. Disponível em: . Acesso em: 28 set. de 2013. DALE, R. The State and the governance of education: an analysis of the restructuring of the State-Education relationship. HALSEY, A. H.; LAUDER, H.; BROWN, P; 1997. FALEIROS, V. P. O que é política social. São Paulo: Brasiliense, 1991. FRANÇA. Declaração de Sorbonne. Sorbonne, 1998. Disponível em: . Acesso em: 04 jan. 2013. HOFLING, E. M. Estado e políticas (pú- blicas) sociais. Caderno Cedes. Campinas, v. 21, n. 55, p. 30-41. Nov.2011. HORTALE, V. A.; MORA, J. G. Tendências das reformas da educação superior na Europa no contexto do Processo de Bolonha. Educação e sociedade, Campinas. v. 25. n. 88. p. 937-960. Out. 2004. LIMA, A. B. (org.). Qualidade da educação superior: o Programa REUNI. São Paulo: Paco Editorial, 2014. LIMA, M. C.; CONTEL, F. B. Internacionalização da educação superior: nações ativas, nações passivas e a geopolítica do conhecimento. São Paulo: Alameda, 2011. MOROSINI, M. Estado do conhecimento sobre internacionalização da educação superior – conceitos e práticas. Educar. Curitiba, n. 28. P.107-124. 2006. 54 Nez E, Lima AB. Espaço europeu de ensino superior (EEES): Instrumento de regulação na gestão das instituições de educação superior brasileiras? NEZ, E. Estado da arte dos planos nacionais da pós-graduação brasileira (1975 a 2011). Seminário de Educação SEMIEDU. Cuiabá: UFMT, 2013. ______. Processo de Bolonha: instrumento de captação dos jovens pesquisadores para a construção de um espaço hegemômico de investigação. V Colóquio Internacional Educação e contemporaneidade. São Cristóvão: UFES, 2011. ROBERTSON, S. L. O processo de Bolonha da Europa torna-se global: modelo, mercado, mobilidade, força intelectual ou estratégia para construção do Estado? Revista Brasileira de Educação. V. 14, n. 42 p. 407-422.. set./dez. 2009. SIEBIGER, R. H. O processo de Bolonha e a universidade brasileira: aproximações e distanciamentos a partir da análise de documentos referenciais. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Dourados, 2013. VIEIRA, E. Democracia e política social. Campinas: Autores Associados, 1992. WIELEWICKI, H. G.; OLIVEIRA, M. R. Internacionalização da educação superior: processo de Bolonha. Ensaio: avaliação política pública educacional. Rio de Janeiro, v. 18, n. 67, p. 215-234, abr/ jun 2010.


Visualizações do PDF:

27 views


Visualizações do Resumo:

117 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
-->
Tema: Mpg. Customizado por: Articloud